Schumacher conduziu Ferrari F2004 de Schumacher

Mick Schumacher foi hoje “dono e senhor” do volante do Ferrari F2004, uma rica herança com que o pai, Michael Schumacher, logrou 13 triunfos e conquistou o sétimo e último título da sua carreira. O momento emotivo foi vivido antes da qualificação do GP da Alemanha.

CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt)

O Grande Prémio da Alemanha, 11.ª prova do Mundial a realizar este fim-de-semana, no circuito de Hockenheim, fica marcado pelo 200.º Grande Prémio da Mercedes na Fórmula 1, numa participação iniciada em 1954. Mas o dia de hoje, fica também vincado por um momento emotivo, quando o jovem alemão, Mick Schumacher, filho do mais titulado piloto de sempre na Fórmula 1, Michael Schumacher, conduziu o carro utilizado pelo progenitor na temporada de 2004, em que conquistou o sétimo e último título da sua carreira.

Este momento particularmente emocionante, quer para Mick Schumacher, como para os milhares de espectadores distribuídos pelas bancadas dispostas pelo traçado de Hockenheim, viveu-se antes da qualificação para o Grande Prémio da Alemanha.

O jovem piloto, filho do heptacampeão do Mundo, Michael Schumacher, guiou o Ferrari F2004 com que o seu pai conquistou o último dos sete títulos mundiais de F1.

Há quem afirme que o Ferrari F2004 seja a viatura mais bem-sucedida nas mãos do heptacampeão do Mundo, que triunfou por trezes ocasiões, mas que, hoje, o filho Mick Schumacher foi “dono e senhor” de tão rica herança.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação