Santiago Urrutia estreou-se a vencer no WTCR

O piloto uruguaio alcançou a sua primeira vitória na WTCR, estabeleceu a volta mais rápida da terceira e derradeira corrida deste domingo, disputada no traçado de MotorLand, em Aragón. Tiago Monteiro fechou a época no 12.º lugar.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Mais rápido nos treinos livres e na qualificação, o que lhe garantiu a “pole position” para a primeira e terceira corrida do fim-de-semana, o uruguaio Santiago Urrutia (Lynk & Co 03) garantiu a vitória, a primeira do ano, na derradeira corrida da temporada.

Com o título entregue ao francês Yann Ehrlacher (Lynk & Co 03), garantido na corrida anterior, este pode terminar em segundo, à frente do seu compatriota Jean-Karl Verney (Alfa-Romeo Giullieta). Já o francês Yvan Muller (Lynk & Co 03), que largou de décimo, terminou em quarto e a garantir o segundo lugar do campeonato, com mais um ponto que o argentino Esteban Guerrieri (Honda Civic) que, depois da primeira corrida, estava na luta pelo título, mas que na última – foi décimo –, foi obrigado a descer para o derradeiro lugar do pódio.

O herói local, Mikel Acona, assinou a volta mais rápida na primeira corrida, disputada no período matinal e em condições favoráveis, com o sol a brilhar, mas com a pista MotorLand, em Aragón de 5,397 quilómetros bastante escorregadia, estabelecendo o tempo de 2m28,782s.

O português Tiago Monteiro (Honda Civic) fechou a temporada com um 12.º lugar, terceiro dos pilotos da marca nipónica, que tudo fizeram para levar Esteban Guerrieri ao título, mas que perderam em termos de estratégia para os homens da Lynk & Co, que colocaram sobrinho (Yann Ehrlacher) e tio (Yvan Muller), nos dois primeiros lugares, com o segundo, quatro vezes campeão, a não esconder, desde o principio da competição, que o objectivo era levar o sobrinho ao título.

CLASSIFICAÇÕES

Corrida – 1.º, Santiago Urrutia (Lynk & Co 03), 12 voltas (64,764 km e, 27’20,241 (143,6 km/h); 2.º, Yann Ehrlacher (Lynk & Co 03), a 4,355”; 3.º Jean-Karl Verney (Alfa Romeo Giulietta), a 11,078”; 4.º, Yvan Muller (Lynk & Co 03), a 12,204”; 5.º, Mikel Azcona (Cupra Leon), a 15,333”; 6.º, Thed Bjork (Lynk & Co 03), a 19,883”; 7.º, Norbert Michelisz (Hyundai i30 N), a 27,083”; 8.º, Nathanael Berthon (Audi RS3 LMS), a 32,068”; 9.º, Gilles Magnus (Audi RS3 LMS), a 33,081”; 10.º, Esteban Guerrieri (Honda Civic), a 34,732”; …; 12.º, Tiago Monteiro (Honda Civic), a 36,221”.

Classificaram-se mais sete pilotos

Campeonatos

Pilotos – 1.º, Yann Ehrlacher, 234 pontos; 2.º, Yvan Muller, 195; 3.º, Esteban Guerrieri, 194; 4.º, Jean-Karl Verney, 194; 5.º, Gilles Magnus, 172; 6.º, Santiago Urrutia, 169; 7.º, Mikel Azcona, 168; 8.º, Nathanael Berthon, 148; 9.º, Thed Bjork, 142; 10.º, Nestor Girolami, 137; 15.º, Tiago Monteiro, 78. Estão classificados mais oito pilotos

Equipas – 1.º, Cyan Racing Lynk & Co, 429 pontos; 2.º, ALL-INKL.COM Munnich Motorsport, 331; 3.º, Cyan Performance Lynk & Co, 311; 4.º, Comtoyou DHL Team Audi Sport, 264; 5.º, Zengo Motorsport Services KFT, 185; 6.º, ALL-INKL.DE Munnich Motorsport, 177; 7.º, BRC Hyundai N Lukoil Squadra Corse, 171; 8.º, Engstler Hyundai N Liqui Moly Racing Team, 127.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: