Salão do Automóvel Híbrido e Eléctrico no Porto

O maior certame nacional dedicado à mobilidade sustentável tem patente mais de 170 veículos híbridos e eléctricos no Centro de Congressos de Alfândega do Porto. As portas encerram às 20h00 deste domingo.

(auto.look2010@gmail.com)

O Salão do Automóvel Híbrido e Eléctrico – Salão da Mobilidade Sustentável, abriu portas para as manter escancaradas na Alfândega do Porto abertas até este domingo, às 20h00. Em exposição há mais de 170 veículos em meia centena de expositores, naquele que é o maior certame nacional dedicado à mobilidade sustentável.

As novidades estão patentes e nestas destacam-se o Mercedes EQS, o Nissan Ariya, novidade absoluta que, pela primeira vez, é mostrada ao público e, ainda, as apresentações do Kia EV6 e do novo Toyota Mirai, um veículo movido a hiodrogénio. Na área dos comercais, a Maxus apresenta o eDeliver3, também uma novidade abosoluta.

Na Galp destaca-se o buggy eléctrico Adess T3EV, uma aposta na competição de Todo-o-Terreno descarbonizada e, claro, destaque também para a FAMEL, que regressa ao mercado em modo eléctrico.

Os visitantes têm ainda à disposição quatro dezenas de veículos para a realização de experiências ao volante, no Test Drive Galp. Paralelamente decorrem os seminários, tendo na sexta-feira o programa sido preenchido com “Mobility as a Service – Onde, Como e Porquê?” Por André Dias, CTO gowithflow, às 12h00.

Às 15h00 decorreu Mobilidade Eléctrica: Uma Visão Global, com a participação de José Couto (Presidente da AFIA); Manuel Reis (Conselho Diretivo da UVE); Maria Helena Braga (Professora Investigadora na FEUP); Rui Vieira (Responsável da área de Mobilidade Eléctrica da Galp) e moderação de Pedro Prata (Editor da Green Future Automagazine).

Stefan Carsten Futurista e Urbanista preencheu o seminário das 16h00, com o tema “New Mobility Aspirations”. Às 17h00, O Papel do Hidrogénio no Futuro da Mobilidade – Uma Visão Mundial, foi apresentado e discutido por Marc Amblard (Sr Exec & Strategic Advisor on the Mobility Revolution); Diogo Almeida (Hydrogen – Head of Business Development at Galp); Pedro Guedes de Campos (Fuell Cell & Hydrogen Joint Undertaking); Nuno Carvalho (CCO da caetanobus). A moderção esteve a cargo de Nicolau Monteiro (Coordenador da Green Future Automagazine).

Os seminários deste sábado iniciaram-se às 11h00, com Mobilidade Eléctrica em Portugal, através de Pedro Isidoro (vice-presidente da UVE). Às 15h00, “Zero emissões – abordagem de equilíbrio”, seminário ARAN – Associação Nacional do Ramo Automóvel, com Aquiles Pinto (responsável de Relações Públicas da Sociedade Comercial C. Santos). Pelas 17h00 teve lugar o “papel das redes sociais para o crescimento da mobilidade eléctrica”, por Jorge Farromba – IT Project Manager na Tap Air Portugal.

Para este domingo, às 11h00, decorrera o painel “O Carro Eléctrico e a Venda Digital”, com Paulo Figueiredo (director do piscapisca.pt); às 15h00, “Evolução tecnológica dos veículos híbridos e elétricos”, por José Pedro (director da caracademy); às 17h00, “FAMEL, electrificar um ícone”, por Joel Sousa (Re-Founder da FAMEL).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *