Rovampera ganha 4,7 segundos a Evans

Após as duas primeiras classificativas de hoje, o britânico Elfyn Evans mantém a liderança da prova, agora com 10,2 segundos de vantagem sobre o finlandês Kalle Rovanperä, ambos em Toyota GR Yaris Rally1, que é segundo, e 1m.04,s sobre o espanhol Dani Sordo (Hyundai i20 Rally1), terceiro.

PEDRO RORIZ E CARLOS SOUSA (auto.look2010@gmail.com)

Elfyn Evans e Scott Martin (Toyota GR Yaris Rally1)

A exemplo do que sucedeu em Vieira do Minho, os dois pilotos da Toyota voltaram a “esmagar” a concorrência em Cabeceiras de Basto, com o finlandês Kalle Rovampera (Toyota GR Yaris Rally1) a ganhar 4,7” ao inglês Elfyn Evans, em viatura idêntica, e a colocar a diferença entre os dois em 10,4 segundos.

Refira-se que os dois pilotos da Toyota Gazoo Racing vão entrar na especial de Amarante, na distância de 37,24 quilómetros, a mais longa da prova, que pode “cavar” diferenças significativas.

Pelo caminho ficou Sébastien Ogier, em Toyota GR Yaris Rally1. O piloto francês saiu de estrada, depois de ter penalizado 17 minutos (2’50” em termos de classificação), à entrada da especial.

Sébastien Ogier e Benjamin Veillas (Toyota GR Yaris Rally1)

Sébastien Ogier, actual campeão mundial em título, deixou o carro deslizar demasiado numa curva rápida, bateu com a traseira no morro do lado esquerdo e acabou por sair na curva seguinte, de traseira, para uma ribanceira. Apenas a metade traseira do Yaris ficou suspensa fora de estrada, enquanto a frente ficou na pista. Tanto piloto como navegador saíram ilesos do incidente.

Já o seu compatriota Sébastien Loeb (Ford Puma Rally1) ficou parado, com problemas de motor neste mesmo troço de Cabeceiras de Basto, para voltar à acção depois de reprogramar, mas a perder mais de três minutos para os mais rápidos. Outro francês, Adrien Fourmaux (Ford Puma Rally1), também não evitou um “toque” mas prosseguiu até ao final da classificativa.

O espanhol Dani Sordo (Hyundai i20 N Rally1) conserva o terceiro lugar, com 1,7” de vantagem sobre o japonês Takamoto Katsuta (Toyota GR Yaris Rally1), e com isso impede que a marca japonesa monopolize o pódio.

No que diz respeito aos RC2, o finlandês Teemu Suninen (Hyundai i20 Rally2) continua intratável e voltou a ganhar tempo aos seus mais directos perseguidores, tudo apontando para que a vitória não lhe fuja.

Com o objectivo de voltar a ser o melhor português Armindo Araújo (Skoda Fabia Rally2 Evo) continua ao ataque e ganhou mais 13,8” a Ricardo Teodósio (Hyundai i20 N Rally2) que viu a sua vantagem diminuir para 1’03,7”, com José Pedro Fontes (Citroen C3 Rally2) a completar o pódio nacional.

CLASSIFICAÇÕES

11.ª PC – CABECEIRAS DE BASTO 1 (22,03 KM) – 1.º, Kalle Rovampera/Jonne Halttunen (Toyota GR Yaris Rally1), 13’26,8”; 2.º, Elfyn Evans/Scott Martin (Toyota GR Yaris Rally1), 13’31,5”; 3.º, Takamoto Katsuta/Aaron Johnston (Toyota GR Yaris Rally1), 13’37,0”; 4.º, Thierry Neuville/Martijn Windaeghe (Hyundai i20 N Rally1), 13’39,1”; 5.º, Dani Sordo/Candido Carrera (Hyundai i20 N Rally1), 13’39,4”; 6.º, Ott Tanak/Martin Jarveoja (Hyundai i20 N Rally1), 13’43,2”; 7.º, Craig Breen/Paul Nagle (Ford Puma Rally1), 13’55,6”; 8.º, Adrien Fourmaux/Alexandre Coria (Ford Puma Rally1), 13’57,0”; 9.º, Gus Greensmith/Jonas Andersson (Ford Puma Rally1), 14’01,1”; 10.º, Pierre-Louis Loubet/Vincent Landais (Ford Puma Rally1), 14’10,2”; 11.º, Teemu Suninen/Mikko Markkula (Hyundai i20 N Rally2), 14’25,1” (1.º RC2); …; 18.º, Armindo Araújo/Luís Ramalho (Skoda Fabia Rally Evo), 14’48,8”; …; 23.º, Ricardo Teodósio/José Teixeira (Hyundai i20 N Rally2), 15’02,6”; …; 26.º, José Pedro Fontes/Inês Ponte (Citroen C3 Rally2), 15’46,1”; …; 32.º, Francisco Teixeira/João Serôdio (Skoda Fabia Rally2 Evo), 17’24,4”; …; 33.º, Paulo Caldeira/Ana Gonçalves (Citroen C3 Rally2), 18’12,4”;

GERAL APÓS 10 ESPECIAIS – 1.º, Elfyn Evans/Scott Martin (Toyota GR Yaris Rally1), 1.52’52,7”; 2.º, Kalle Rovampera/Jonne Halttunen (Toyota GR Yaris Rally1), a 10,2”; 3.º, Dani Sordo/Candido Carrera (Hyundai i20 N Rally1), a 1’04,8”; 4.º, Takamoto Katsuta/Aaron Johnston (Toyota GR Yaris Rally1), a 1’06,5”; 5.º, Thierry Neuville/Martijn Wyndaeghe (Hyundai i20 N Rally1), a 2’05,5”; 6.º, Pierre-Louis Loubet/Vincent Landais (Ford Puma Rally1), a 2’26,9”; 7.º, Craig Breen/Paul Nagle (Ford Puma Rally1), a 2’34,0”; 8.º, Gus Greensmith/Jonas Andersson (Ford Puma Rally1), a 2’40,7”; 9.º, Adrien Fourmaux/Alexandre Coria (Ford Puma Rally1), a 2’49,4”; 10.º, Ott Tanak/Martin Jarveoja (Hyundai i20 N Rally1), a 4’01,8”; 11.º, Teemu Suninen/Mikko Markkula (Hyundai i20 N Rally2), a 6’41,5” (1.º RC2); …;  19.º, Ricardo Teodósio/José Teixeira (Hyundai i20 N Rally2), a 12’04,0”; …; 21.º, Armindo Araújo/Luís Ramalho (Skoda Fabia Rally Evo), a 13’07,7”; …; 23.º, José Pedro Fontes/Inês Ponte (Citroen C3 Rally2), a 16’50,5”; …; 28.º, Paulo Caldeira/Ana Gonçalves (Citroen C3 Rally2), a 29’14,1”; …; 30.º, Francisco Teixeira/João Serôdio (Skoda Fabia Rally2 Evo), a 33’25,2”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.