“Rota da Seda”: muita areia para Paulo Gonçalves

O piloto português Paulo Gonçalves (Hero) regressou este domingo ao Rali Rota da Seda com um terceiro lugar, na oitava e antepenúltima etapa, a 3m05s do vencedor da tirada, o argentino Kevin Benavides (Honda), ascendendo ao 19.º lugar da classificação geral.

(auto.look2010@gmail.com)

Paulo Gonçalves, que no sexto dia de prova não concluiu a tirada devido a problemas mecânicos, subiu ao 19.º lugar da classificação geral, apesar de ter sofrido uma penalização de 28h55m.

«Estou contente por ter voltado à corrida. Terminei a primeira especial na China, com muitas dunas e areia», comentou o piloto de Esposende, após a ligação entre Bayinbaolige e Alashan, com 326 quilómetros cronometrados.

«Inicialmente, tive algumas dificuldades em manter a concentração, pelo que perdi algum tempo na primeira parte da especial, mas depois encontrei o meu ritmo e consegui terminar no terceiro lugar», vincou o português, que terminou no pódio pela quinta vez nesta edição da prova.

O piloto da Hero está agora a 27h08m38s do líder, que continua a ser o britânico Sam Sunderland (KTM). Para esta segunda-feira, os pilotos enfrentam 501 quilómetros entre Alashan e Jiayuguan, através do deserto de Gobi, na China, 290 dos quais cronometrados.

 

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação