Remy Gardner é campeão mundial de Moto2

Piloto australiano, de 23 anos, terminou o campeonato com 311 pontos, mais quatro do que o espanhol Raul Fernandez (KTM), vencedor da corrida de hoje.

(auto.look2010@gmail.com)

Remy Gardner (KTM) sagrou-se hoje campeão mundial de Moto2, ao terminar na 10.ª posição a 18.ª e última prova do campeonato do mundo de motociclismo de velocidade, em Valência, em Espanha. O piloto australiano terminou o campeonato com 311 pontos, mais quatro do que o espanhol Raul Fernandez (KTM), vencedor da corrida de hoje, com o tempo de 25m38,612s, batendo o italiano Fábio di Giannantonio (Gresini) por 0,517 segundos e o espanhol Augusto Fernández (Marc VDS) por 0,786 segundos.

O piloto australiano conquista o título 34 anos depois de o seu pai, Wayne Gardner, se ter sagrado campeão mundial de 500cc. A corrida de Moto2 ficou marcada por um acidente que levou à sua interrupção, na primeira volta, devido aos detritos deixados pela moto do italiano Marco Berzzechi, sendo encurtada de 25 para 16 voltas.

A Remy Gardner bastava terminar entre os 13 primeiros classificados para ser campeão sem depender do resultado de terceiros: «Fiquei sem palavras. Foram muitos anos de sofrimento. Em muitas alturas da minha carreira pensei que nunca iria acontecer, que não era bom o suficiente. Mas aconteceu e só quero agradecer a toda a gente», comentou, emocionado, Remy Gardner, que terminou a prova a 9,112 segundos do vencedor.

Este foi o primeiro título de Remy Gardner, que se estreou no Mundial em 2014, em Moto3. Em 2016 passou para a categoria de Moto2, tendo conquistado sete vitórias, uma em 2020, em Portugal, e seis em 2021, incluindo a do Grande Prémio do Algarve, na ronda anterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *