Red Bull/Honda quer manter a superioridade

Max Verstappen foi o grande dominador do Grande Prémio da Estíria. O holandês conquistou a “pole position” e desferiu um “ataque” vitorioso que lhe permitiu gerir a prova sem apelo nem agravo para derrotar Lewis Hamilton.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Uma semana depois de ter ganho no Red Bull Ring, naquela que foi a sua terceira vitoria da temporada, e de ter cimentado a posição de comandante no “Mundial” o holandês Max Verstappen (Red Bull/Honda) sabe que tem “argumentos” para repetir o domínio do passado fim-de-semana e aumentar a vantagem pontual sobre o inglês Lewis Hamilton (Mercedes).

Batida nas quatro últimas corridas, por uma Red Bull cada vez mais eficiente, o que não sucedia há muito tempo, a Mercedes precisa de encontrar maneira de inverter a situação e contrariar a superioridade da equipa da marca de bebidas energéticas sob pena de poder colocar em risco a revalidação dos títulos, uma vez que Lewis Hamilton está a 18 pontos de Max Verstappen e a marca de Estugarda a 40 da sua opositora.

Dominador no passado fim-de-semana, Max Verstappen tem todas as condições para repetir o feito, a menos que a Mercedes tenha encontrado maneira, durante a semana, de tornar os seus carros mais rápidos e capazes de regressarem às vitórias.

Batida em Paul Ricard, onde ficou em branco, a Ferrari, apesar de batida pelo inglês Lando Norris (McLaren/Mercedes) na luta pela vitória no segundo pelotão, foi capaz de colocar os seus dois carros atrás do inglês e, aproveitando o facto do australiano Daniel Riccardo (McLaren/Mercedes) ter ficado fora dos pontos, reduziu para 12 pontos o atraso para a rival, na luta pelo terceiro lugar do campeonato de equipas.

Classificações dos “Mundiais”

PILOTOS – 1.º Max Verstappen, 156 pontos; 2.º Lewis Hamilton, 138; 3.º Sérgio Perez, 96; 4.º, Lando Norris, 86; 5.º, Valtteri Bottas, 74; 6.º, Charles Leclerc, 58; 7.º, Carlos Sainz, 50; 8.º, Pierre Gasly, 37; 9.º, Daniel Ricciardo, 34; 10.º, Sebastian Vettel, 30; 11.º, Fernando Alonso, 19 ; 12.º, Lance Stroll, 14; 13.º, Esteban Ocon, 12; 14.º, Yuki Tsunoda, 9; 15.º, Antonio Giovinazzi, 1; 16.º, Kimi Raikkonen, 1

CONSTRUTORES – 1.º, Red Bull Racing Honda, 252 pontos; 2.º, Mercedes-AMG Petronas F1 Team, 212; 3.º, McLaren F1 Team, 120; 4.º, Scuderia Ferrari Mission Winnow, 108; 5.º, Scuderia Alpha Tauri Honda, 46; 6.º, Aston Martin Cognizant F1 Team, 44; 7.º, Alpine Renault, 31; 8.º, Alfa Romeo Racing Ferrari, 2.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *