Red Bull acusa Lewis Hamilton de fingir lesão

Helmut Marko considera que o que aconteceu foi «um incidente de corrida normal, todas as histórias em torno disso foram exacerbadas pela Mercedes».

(auto.look2010@gmail.com)

Helmut Marko, assessor da Red Bull, concedeu uma entrevista à estação OE24 na qual fala sobre o acidente entre Max Verstappen e Lewis Hamilton no GP de Monza: «Fiquei mais aborrecido com o nosso mau pit stop. Essa foi a única razão pela qual Hamilton entrou na trajetória de Verstappen. Foi um incidente de corrida normal, todas as histórias em torno disso foram exacerbadas pela Mercedes», acusou Helmut Marko.

«Verstappen já tinha saído quando Hamilton tentava fazer marcha atrás no cascalho. O carro médico viu isso mesmo e seguiu em frente. E, de repente, montam um espetáculo em como o pobrezinho do Hamilton estava, de repente, lesionado», acrescentou ainda o assessor da Red Bull.

Recorde-se que, no passado domingo, no GP de Monza, Max Verstappen tentava ultrapassar o inglês e teve uma manobra que atirou os dois para fora da prova. Na volta 26, Max Verstappen teve de pisar os corretores mas acabou por chocar contra Lewis Hamilton. O seu carro caiu em cima do do britânico e só não foi pior porque todo o impacto da queda foi em cima do halo de protecção, introduzido na Fórmula 1 em 2018. Ainda assim, uma das rodas de Verstappen atingiu a cabeça de Hamilton.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *