Rankin dá vida e sentimento ao novo Mazda3

O aclamado fotógrafo criou uma série de seis fotografias de suporte ao lançamento do novo Mazda3. Trata-se de uma visão baseada no conceito “Não concebemos especificações, concebemos um sentimento”, cujas imagens celebram o carácter artesanal do novo Mazda3 e captam o modelo como uma peça de arte.

(auto.look2010@gmail.com)

 O novo Mazda3 fez a sua estreia mundial em Los Angeles e encontra-se imortalizado num exclusivo portfólio de imagens da autoria de Rankin, um dos fotógrafos mais influentes da nossa geração. Oriundo de Londres, este profissional da imagem tem estado na vanguarda da inovação comercial e editorial desde que em 1991 se tornou co-fundador da revista “Dazed and Confused”, introduzindo uma estética única na fotografia de moda e nos retratos.

#1 – Liberation

Para assinalar o lançamento do novo Mazda3, Rankin recorreu ao seu talento para desvendar toda a emoção inerente a um novo automóvel, como descreve Mitsui Hitomi, engenheiro-chefe do modelo: «Não concebemos especificações, concebemos um sentimento».

É também uma história de puro prazer de condução e um retrato que desafia a verdadeira beleza automóvel, num modelo que é tão belo em movimento como parado.

Referindo-se às imagens, Rankin declarou: «A minha intenção foi mostrar toda a a essência do Mazda3, mas também apelar às emoções do espectador. Quis dar às imagens um toque sensual e, por isso, a minha abordagem a estas fotografias foi totalmente diferente. Utilizei a luz e criei a dinâmica através de movimento da própria câmara, sem retoques, o que, na perspectiva do espectador, confere vida ao modelo, literalmente».

#2 – Panache

O conceito era captar o novo Mazda3 de forma a realçar a energia e os sentimentos que o modelista Takumi, da Mazda, nele colocou quando a sua equipa construiu, manualmente, as primeiras estruturas em argila do novo modelo. Nas palavras de Jo Stenuit, director de Design da Mazda Motor Europe, «a nossa filosofia de design denomina-se Kodo: a Alma do Movimento, num propósito muito simples. O trabalho de Rankin consegue, de uma forma admirável, apresentar o modelo como arte».

O resultado final capta as emoções deste importante automóvel, o primeiro de uma nova geração de produtos Mazda. Cada imagem representa uma emoção forte e com significado que Rankin tentou captar neste seu trabalho. Como refere Stenuit, «não podemos querer trabalhar com um artista e depois tentar limitar a sua arte. No fundo, o que temos aqui são duas marcas unidas na criação de um belo trabalho artístico».

#3 – Release

Rankin é um fotógrafo, editor e realizador de cinema britânico, contando com um portefólio que abrange temas como o retrato e os documentários. Ao longo de uma carreira de elevado prestígio, Rankin fotografou, em retrato, a rainha de Inglaterra, SAR Isabel II, Daniel Craig, Kate Moss, David Bowie, Monica Bellucci, os Rolling Stones, David Bowie e Kendall Jenner, entre muitas mais centenas de personalidades do nosso tempo.

Em 1991 fundou, com Jefferson Hack, a revista “Dazed & Confused”, que se tornou numa das publicações de referência no mundo das artes, abrangendo temas como a moda, música, cinema, ideias e até política. Desde então, lançou também títulos como “AnOther and AnOther Man“, publicou mais de 40 livros, e lançou a plataforma “Hunger” dedicada à moda, cultura e estilos de vida, disponível em papel e em formato digital.

#4 – Serenity

O seu trabalho fotográfico tem sido publicado nos mais variados meios de comunicação, desde as suas próprias edições até revistas como “Elle”, “Vogue”, “Esquire”, “GQ”, “Rolling Stone” e “Wonderland”. Rankin tem também realizado exposições em todo o mundo, com destaque para as mostras realizadas no MoMA, em Nova York, e no Victoria & Albert Museum, em Londres.

Foi, também, um dos maiores impulsionadores de grandes campanhas de beneficência e comerciais para algumas das marcas mais importantes do planeta.

 

#5 – Verve
#6 – Zeal

Como realizador, através da sua produtora Rankin Film, criou campanhas para marcas como Nike, L’Oreal, Dove, Pantene, Diageo, e eventos como “Women’s Aid” e “Comic Relief”, juntamente com vídeos de música para artistas como Miley Cyrus, Rita Ora e Kelis, entre outros. Graças à sua ousadia atrás das lentes, os elementos visuais de Rankin estão absolutamente enraizados na iconografia contemporânea.

 

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação