RallySpirit Altice a espalhar charme no Norte

Prova com viaturas emblemáticas de ralis prossegue este sábado nos territórios nortenhos de Famalicão, Santo Tirso, Gaia e Porto.

(auto.look2010@gmail.com)

O RallySpirit Altice 2022 arrancou para a estrada esta sexta-feira e com assinalável sucesso! Alguns dos melhores carros da história dos ralis e 87 equipas fizeram vibrar os muitos espectadores que não faltaram à grande festa do desporto automóvel, em que já se tornou o maior Rally-Legend português.

A primeira etapa, iniciada e terminada em Barcelos, e que contemplou três provas especiais disputadas ao cronómetro – Barcelos Norte 1, Vila Verde 1 e Amares –, definiu a primeira hierarquia na classificação, ao mesmo tempo que proporcionou ao público uma “viagem no tempo”, protagonizada por algumas das mais saudosas máquinas que escreveram a história dos ralis.

A chuva complicou as escolhas de pneus, mas isso não impediu a dupla espanhola Pablo Pazó/Ezequiel Simões de impor o Talbot Sunbeam Lotus, reforçando a candidatura à sua terceira vitória na prova. Nos lugares imediatos, uma “armada” de Ford Escort encabeçada por Xesús Ferreiro/Xabier Vazquez e por Rui Ribeiro/Pedro Fernandes, os primeiros portugueses.

Já na Categoria “Spirit”, “fala-se português”, com a equipa Ernesto Cunha/Rui Raimundo (Subaru Impreza WRX) a dominar os acontecimentos no primeiro dia, após três vitórias noutras tantas especiais, deixando Pedro Leal/Isabel Ramalho e Armando Costa/Octávio Araújo, ambos em Mitsubishi Lancer Evo VI, a lutar pela segunda posição.

Englobados na Categoria “Legend”, e, portanto, sem contar para a classificação, modelos como o Audi Sport Quattro S1 E2, Toyota Corolla WRC, Toyota Celica Turbo, Opel Ascona 400, Lancia Delta HF Integrale ou os mais modernos Porsche 911 GT3 e Skoda Fabia R5, não precisaram de lutar contra o cronómetro para impressionar e arrancar sorrisos do público.

Ao final do dia as equipas deram ainda espetáculo na Boucles de Barcelos, prova extra-classificação e disputada em perseguição, que atraiu muitos espectadores, antes da chegada da primeira etapa, a Barcelos, pelas 22h15.

Para este sábado, os concorrentes voltam à ação, saindo de Barcelos, às 9h30, para disputarem a maior etapa da prova, com cinco seletivas classificativas e passagens por Famalicão e Santo Tirso.

A emblemática Marginal de Gaia e a estreia da Boucles de Gaia, para além da chegada ao Jardim das Sobreiras – Foz, no Porto (com festa com atuação de DJ), prometem também animar o dia da prova organizada pela X-Racing e Clube Automóvel de Santo Tirso. Igualmente excelentes oportunidades para ver e rever as máquinas únicas que participam no RallySpirit Altice.

CLASSIFICAÇÕES

HISTÓRICOS (APÓS PEC 3)

1.º Pablo Pazó/Ezequiel Simões (Talbot Sunbeam Lotus), 22m20.8s

2.º Xésus Ferreiro/ Xabier Vazquez (Ford Escort MK2), 28.9s

3.º Rui Ribeiro/Pedro Fernandes (Ford Escort MK1), 1m20.3s

SPIRIT (APÓS PEC 3)

1.º Eugénio Cunha/Rui Raimundo (Subaru Impreza WRX), 22m50.0s

2.º Pedro Leal/Isabel Ramalho (Mitsubishi Lancer Evo VI), a 26.2s

3.º Armando Costa/Octávio Araújo, (Mitsubishi Lancer Evo VI), a 33.6s

PROGRAMA DA 2.ª ETAPA (SÁBADO, 4 DE JUNHO)

09h30 – Partida 2.ª etapa (Campo da República – Barcelos)

09h30 – Assistência (Campo da República – Barcelos)

10h38 – PEC 5 – Barcelos Oeste 1 (8.54 km)

11h06 – PEC 6 – Barcelos Sul 1 (9.27 km)

11h46 – Reagrupamento Barcelos (Campo da República – Barcelos)

15h09 – PEC 7 – Barcelos Oeste 2 (8.54 km)

15h37 – PEC 8 – Barcelos Sul 2 (9.27 km)

16h15 – Controlo de Passagem (Câmara Municipal de Famalicão)

16h42 – Reagrupamento (Câmara Municipal de Sto. Tirso)

17h10 – PEC 9 – Santo Tirso (4.69 km)

18h00 – Assistência Remota (Oficinas Quartel da Serra do Pilar)

19h00 – Reagrupamento (Marginal de Gaia)

21h21 – PEC 10 – Boucles de Gaia (4.80 km)

22h00 – Chegada da 2.ª etapa (Jardim da Sobreiras – Porto)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.