Rallye Vidreiro aposta forte na segurança

Prova do Clube Automóvel da Marinha Grande, na estrada a 4 e 5 de Novembro, conta com passagens pelo novo troço de S. Pedro de Moel (18h00 e 20h00) e Super-especial nocturna (21h30) no primeiro dia. No segundo realizam as especiais de Mata Mourisca (10h00 e 13h00), Assanhas da Paz (10h30 e 13h30) e S. Pedro de Moel (15h15).

(auto.look2010@gmail.com)

Foi esta tarde apresentado o Rallye Vidreiro Centro de Portugal – Marinha Grande 2019. Organizado pelo Clube Automóvel da Marinha Grande, com o apoio da Câmara Municipal da Marinha Grande e da Lubrigaz (Concessionário oficial Volkswagen e Skoda, em Leiria), o rali é pontuável para Campeonato de Portugal de Ralis, actualmente liderado por Ricardo Teodósio, em Skoda Fabia R5 que marcou presença no evento, a par do campeão nacional Armindo Araújo, Gonçalo Figueiroa e Ernesto Cunha.

Depois de em 2018 o rali ter ficado marcado pelo grave acidente de Carlos Vieira, e apostando ainda mais na segurança que permitiu o rápido auxilio ao piloto na edição de 2018, o Clube Automóvel da Marinha Grande promoveu hoje, antes da apresentação oficial do rali uma Acção Formativa de Segurança em Ralis, que contou a com a médica FIA, Beatriz Cardoso-Marinho, e decorreu nas instalações dos Bombeiros Voluntários da Marinha Grande.

«Com esta acção formativa, o Clube Automóvel da Marinha Grande quis dar conhecimentos aos bombeiros e pilotos presentes sobre a forma de agir em caso de acidente. Neste desporto um acidente pode ter consequências graves e quanto mais elementos da organização, incluindo os bombeiros, estiverem a par das tecnologias presentes nos carros de ralis e nos equipamentos de segurança (Capacete e HANS) maior probabilidade é a de agir de forma célere e assertiva», explicou Nuno Jorge, presidente do CAMG que prometeu ainda que «outras medidas adicionais de segurança serão implementadas e testadas na próxima edição do Rali Vidreiro, incluindo um sistema de videovigilância ao longo dos troços do rali que servirão como complemento às actuais medidas obrigatórias».

No que toca à prova propriamente dita, o Rallye Vidreiro Centro de Portugal – Marinha Grande 2019 vai para a estrada pelas 18h00 de sexta-feira (dia 4 de Outubro), e contará com duas passagens pelo novo troço de S. Pedro de Moel (18h00 e 20h00), que terá início junto ao Parque de Campismo da Orbitur, seguindo pelo interior do Pinhal de Leiria. Mais tarde, os pilotos dão espetáculo a milhares de pessoas nas principais artérias da capital do vidro com uma Super-Especial citadina (21h30).

No sábado (dia 5 de Outubro), e tal como no ano passado, a prova desloca-se para norte, para o concelho de Pombal, onde se realizam as especiais de Mata Mourisca (10h00 e 13h00) e Assanhas da Paz (10h30 e 13h30), retornando a S. Pedro de Moel (15h15) para uma repetição do troço de sexta-feira que dá término ao evento.

A cerimónia de entrega de prémios decorrerá junto da Câmara Municipal da Marinha Grande e o Parque de Assistência da prova ficará localizado, como habitualmente, no estacionamento do Estádio Municipal da Marinha Grande.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação