Rally Vinho do Dão “chumbado” pela autarquia de Nelas

Direcção do Clube Automóvel do Centro confirmou, em comunicado, o cancelamento do Rally Vinho do Dão 2019, previsto para 24 e 25 de Maio, na sequência de uma decisão da Câmara Municipal de Nelas que deixou todos surpresos, sobretudo pelos motivos invocados pelo município.

(auto.look2010£gmail.com)

«O Clube Automóvel do Centro vem por este meio comunicar que o Rally Vinho do Dão 2019, previsto para 24 e 25 de Maio, não se irá realizar, por decisão da Câmara Municipal de Nelas e pelos motivos invocados no site deste município.

Embora alheios aos motivos que levaram à tomada desta decisão, incluindo no que se refere ao Calendário das Provas, que era desde o início do conhecimento do Município e com a data acordada com este, mas aceitando-a, não queremos deixar de nos solidarizarmos com:

Aqueles que viram as suas expectativas defraudadas, incluindo os potenciais participantes e a população de Nelas e restante público que costuma acorrer às dezenas de milhar à prova, ou mesmo os agentes desportivos / federativos que apostaram na inclusão do Rally Vinho do Dão no Campeonato Centro de Ralis;

Os que serão mesmo directamente prejudicados, como os agentes económicos, sobretudo locais, que tanto têm beneficiado no passado com a realização do rali, existindo estudos que apontam para um retorno na ordem das centenas de milhar de euros para os municípios que acolhem este tipo de eventos;

Os que viram o esforço já despendido tornado inútil, como os colaboradores do Clube Automóvel do Centro, com várias dezenas de dias de empenhamento humano voluntário para o planeamento, preparação e promoção da prova, mas também os colaboradores do Município de Nelas, que de uma forma esforçada e eficiente têm trabalhado para o mesmo objectivo e para a preparação das estradas envolvidas no seu percurso, os quais o clube saúda na pessoa do seu Presidente da Câmara, que no passado contribuiu inequivocamente para que a prova se pudesse realizar no Concelho de Nelas e foi um elo importante para a colaboração entre as duas entidades.

No entanto se o Clube Automóvel do Centro é a principal vítima desta situação, pelo acima referido, mas também pelos enormes custos já suportados para preparação da prova e pelas consequências que advêm de terem de a procurar realizar noutro local, já com os “orçamentos fechados” para o ano de 2019 na esmagadora maioria dos Municípios ou em outros potenciais patrocinadores, o Município de Nelas também ficará “mais pobre” na nossa opinião, perdendo uma prova de grande prestígio a nível nacional.

Mas não será por isto que o Clube Automóvel do Centro deixará de ser um dos mais antigos e prestigiados clubes de automobilismo a nível nacional, com um património invejável e que se conseguiu manter sempre em actividade ao mais alto nível nos seus 53 anos de existência, nem o Concelho de Nelas perderá a sua importância ou a sua população deixará de ser tão acolhedora e empreendedora», pode ler-se no comunicado do Clube Automóvel do Centro, face à decisão inesperada pela Câmara Municipal de Nelas.

 

COMUNICADO DA CÂMARA MUNICIPAL DE NELAS

«A realização do Rali de Portugal no fim-de-semana seguinte ao previsto para o Rali de Nelas em 24 e 25 de Maio com provas na região centro do país, bem como a realização de muitos outros eventos do género como o Rali Tábua e Oliveira do Hospital durante o mês de Abril, com a consequente diminuição do impacto, número de concorrentes, importância e dimensão do Rali Vinho do Dão;

As condições meteorológicas anormais e graves neste ano de 2019 e nos últimos meses, com falta de chuva e temperaturas elevadas e o perigo de seca nos próximos meses;

O grau de prioridade e de cuidado daí decorrente em matéria de preservação de todas as condições de segurança das populações no sentido de minimizar riscos de incêndio ou acidente;

Os custos acrescidos em matéria de despesas para preservação da segurança do território e das populações já incorridos e aqueles que se prevêem, particularmente na manutenção do fornecimento de serviços às populações e às empresas (elevados e preocupantes em 2017, em situação muito semelhante à actual);

A manifestação contra reiterada por alguns vereadores da oposição na Câmara e em certos sectores contra esta actividade de promoção territorial, que vem dificultando o consenso como grande evento promocional do Dão e a sua realização no nosso município, diminuindo os excelentes resultados que este evento e a promoção do Concelho no que ajudou a Câmara a conseguir nos últimos anos, como atracção de investimento empresarial agrícola, turístico e industrial e também investimento público, criação de emprego e ausência de desemprego;

Não obstante o empenho e esforço já realizados por muitas entidades para a continuidade deste evento neste ano de 2019, que se agradece; Impõe o sentido de responsabilidade na gestão do interesse público que: Face a estas condições anormais acima referidas não promova a Câmara de Nelas neste ano de 2019 a respectiva edição do Rali do Vinho do Dão», pode ler-se no comunicado da autarquia.

Refira-se que esta decisão apanhou tudo e todos de surpresa, porque a prova estava a ser amplamente divulgada por uma equipa criada para o efeito, onde foram gastos verbas dos munícipes com outdoors, flyers e folhetos com design atractivos e apelativos a para visitas a Nelas, bem como outros apetrechos alusivos ao Rally Vinho do Dão 2019. Uma decisão, no mínimo, estranha, cujo Rally Vinho do Dão 2019 era pontuável para o Campeonato Centro de Ralis e Desafio Kumho Terra. Estranha é, também, o facto do Rally Vinho do Dão ter “acelerado”, no pretérito mês de Março, na BTL Bolsa de Turismo de Lisboa. Se esta decisão não é estranha, então o que não será?

 

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação