Rally de Portugal Histórico quase na estrada

Na sua 14.ª edição, o Rally de Portugal Histórico deste ano promete voltar a exigir grande mestria dos mais de 80 participantes inscritos ao longo de cerca de 2.000 km de prova distribuídos por cinco dias.

(auto.look2010@gmail.com)

Como é habitual, os Jardins do Casino Estoril voltam a ser ponto de partida da prova do Automóvel Club de Portugal (ACP), desta feita a 8 de Outubro, com o pelotão de clássicos construídos entre os anos de 1945 a 1985 a rumar à Figueira da Foz, onde ficam em Parque Fechado durante a noite na Avenida Marginal.

Contudo, antes disso, a novidade desta edição de 2019, o regresso ao Kartódromo de Fátima onde tem lugar a primeira Prova de Regularidade por Sectores (PRS). Um tipo de classificativa onde a regularidade e a velocidade se associam para darem a origem a momentos de grande animação e emoção.

O segundo dia de competição leva a prova a Viseu, com a incontornável passagem por Arganil e a rampa de Montalto. Outro ponto de passagem obrigatório da prova tem lugar na quinta-feira, com a Rampa dos Remédios, em Lamego. Para fechar, e à semelhança de outros anos, mais uma visita ao sempre esgotado Kartódromo dos Milagres, em Leiria, para mais uma PRS, e depois a apoteose da noite de Sintra.

Tal como no ano passado, a prova volta a terminar no Circuito Estoril, no dia 12 de Outubro, inserida no programa do Estoril Classic, onde os participantes darão um ar da sua graça na recta da meta.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação