Rali Safari do Quénia foi cancelado

A decisão de anular a oitava prova do mundial foi tomada conjuntamente pelo governo do Quénia, FIA e promotor do WRC.

(auto.look2010@gmail.com)

O Rali Safari, prova que ia trazer pela primeira vez ao Quénia o Campeonato do Mundo de Ralis (WRC) desde 2002, foi cancelado devido à pandemia da Covid-19, informaram os organizadores. Os efeitos da pandemia «nas economias mundiais, a dificuldade das viagens transfronteiriças e os encontros sociais massivos» ditaram o cancelamento do evento que ia para a estrada de 16 a 19 de Julho, explicou o governo.

Esta é a segunda competição cancelada pelo WRC em 2020, depois de Portugal, onde iria decorrer a quinta etapa, de 21 a 24 de Maio: ambas estão confirmadas no calendário para 2021. A decisão de anular a oitava prova do mundial foi tomada conjuntamente pelo governo do Quénia, FIA e promotor do WRC.

«Adiar o rali até 2021 não foi uma decisão fácil de tomar, no entanto, estamos cientes dos atuais desafios globais e queremos garantir que o Safari Rally marcará uma parte significativa da história do nosso país, conforme planeado, para os próximos três anos», acrescentou o executivo africano.

O WRC conseguiu completar três provas antes da pandemia, designadamente Monte Carlo, Suécia e México, embora este último tenha sido encurtado em um dia em Março para permitir que as equipas regressassem atempadamente e em segurança à Europa, quando as fronteiras começaram a fechar e os voos a ser cancelados.

De momento, está previsto que a época seja reatada de 6 a 9 de Agosto na Finlândia, embora a prova possa ser adiada para Setembro: a decisão definitiva será tomada em Junho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: