Rali Município de Mesão Frio com novos desafios

A prova organizada pelo Clube Automóvel da Régua e que conta com o apoio do Município de Mesão Frio, leva mais uma vez a emoção às desafiantes estradas do Alto Vinhateiro, para a disputa de uma competição que já ganhou tradição no desporto automóvel nortenho e nacional, prometendo farto desafio nas Portas do Douro.

(auto.look2010@gmail.com)

O final do mês de Agosto vai ser de grandes emoções nas típicas encostas durienses, com a disputa da edição 2021 do Rali Município de Mesão Frio. Para além de pontuar para o Campeonato Norte da especialidade, conta igualmente para os Desafios Kumho Asfalto e Kumho Norte.

O rali do Clube Automóvel da Régua concentrará sobre si as atenções, a 28 e 29 de Agosto, prometendo neste seu 10.º aniversário algumas novidades, nomeadamente no troço de Barqueiros, que conta com duas novas chicanes a meio do percurso, para além de uma zona nova, que anteriormente era realizada na especial noturna, terminando do Miradouro do Imaginário.

Estas alterações acrescentam assim mais quilometragem à extensão da prova. No total o rali terá uma extensão de 121,98 quilómetros, dos quais 61,98 são em provas especiais de classificação e 60 em ligações.

No ano passado, o Rali Município de Mesão Frio foi presenteado, uma vez mais, com a participação de alguns dos “actores” do Campeonato de Portugal da especialidade, como Pedro Almeida e João Barros, que venceram a prova no CNR e no Grupo X5, respectivamente, testemunhando a excelente qualidade do evento bem como a boa organização.

O objectivo da edição de 2021 é dar seguimento a esse bom trabalho, sendo de esperar, com é habitual, uma lista de inscritos rica em qualidade e quantidade, seja na competição principal do CNR e do Desafio Kumho, seja na já habitual prova extra, que terá menos uma especial de classificação no seu programa.

Como é natural, e dado o actual contexto pandémico, a organização, em conjunto com as autoridades, coloca em prática um protocolo sanitário rigoroso. Entre outras medidas, exige a apresentação de certificado de vacinação, ou a realização de teste ou apresentação de teste negativo à Covid-19 realizado menos de 72 horas antes da prova a todos os participantes e envolvidos no Rali. O controlo do parque de assistência será feito mediante credenciais e cada equipa terá direito a oito pessoas naquela área.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *