Rali de Ourém: lista de luxo e candidato ao CPR

O Rali Vila Medieval de Ourém, sábado e domingo na estrada, apresenta credenciais a candidata ao Campeonato Portugal de Ralis, legítima ambição que o Centro Cultural e Recreativo Olival – Olivalmotorizado espera alcançar em 2019.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Um ano depois do Clube Automóvel de Amarante ter visto a sua prova promovida ao Campeonato de Portugal de Ralis, é a vez do Centro Cultural e Recreativo do Olival – Olivalmotorizado tentar dar o mesmo passo ao candidatar o Rali Vila Medieval de Ourém, que vai ter a sua terceira edição, ao degrau mais alto do calendário nacional das provas de estrada.

Independentemente da decisão, de quem tem de a tomar, o primeiro sucesso da prova está nas 79 equipas inscritas, número raro nas provas nacionais, qualquer que seja a competição. Resta esperar, uma vez que o espectáculo está assegurado, que a prova decorra de acordo com as exigências federativas, para poder aspirar à “subida de divisão” desejada pelos seus responsáveis.

Nuno Matos (Mitsubishi Lancer IV) inicia a defesa do título num campeonato que tem 10 provas, faltando saber quantos irão participar de forma consistente, e como tal assumindo o papel de opositores do piloto de Vagos, e quais os que se limitarão a presenças esporádicas, e como tal sem aspirações ao título.

Luís Mota (Mitsubishi Lancer VII) e Carlos Fernandes (Peugeot 208), que curiosamente já ganharam dois títulos cada, estão presentes, com o segundo a ter esperanças mais limitadas em função do carro que conduz.

Destaque para a presença dos R5 de Paulo Caldeira (Citroen DS3), António Cruz Monteiro (Peugeot 208 T16) e José Paula (Peugeot 208 T16) que irão dar espectáculo e deverão discutir as primeiras posições.

NA ESTRADA E… FORA DE ESTRADA

O Rali Vila Medieval de Ourém começa ao início da noite deste sábado, com uma dupla passagem pela especial do Castelo (3,85 km – 19h02 e 20h57). No domingo, os concorrentes terão de enfrentar uma dupla passagem pelas classificativas de Alqueidão (7,13 km – 10h00 e 13h06) e Agroal (15,74 km – 10h33 e 13h39) e a Super Especial Município de Ourém (1,88 km – 15h00).

Refira-e, por outro lado, que na noite deste sábado está previsto um espectáculo de dança no Centro de Negócios no final das especiais do Castelo. No final da parte competitiva no domingo irá haver, pelas 17h00, um Camião Racing conduzido por Artur Fidalgo, Kart Cross, com Samuel Vina, sendo ainda esperada a presença de um veiculo de Drift. Ainda no interior do Centro de Negócios, enquanto se aguarda pela entrega de prémios, haverá um espectáculo com o humorista João Seabra.

Lista de inscritos Rali de Ourém OS CAMPEÕES

O actual Campeonato Regional de Ralis Centro foi criado em 1998 como Troféu Regional de Ralis Centro, designação que se manteve até 2003, para no ano seguinte adoptar a actual denominação, que se manteria em 2005, ano em que apenas se efectuaram provas em asfalto.

Houve uma pausa em 2006 e nos dois anos seguintes regressou o Troféu Regional de Ralis do Centro, para a partir de 2009 adoptar a actual designação.

Registe-se que em 2013 não houve campeões absolutos, mas apenas de 2RM (João Soares/João Barata) e 4RM (Carlos Martins/Pedro Conde) e que ao longo dos tempos só Pedro Peres, Luís Mota e Carlos Fernandes (pilotos) e Tiago Ferreira e Valter Cardoso (navegadores) conquistaram mais de um título.

No início da 21.ª edição da prova registem-se aqueles que ao longo dos tempos foram os seus vencedores absolutos:

ANO PILOTO NAVEGADOR
     
1998 Rui Lousado Duarte Gouveia
1999 Raul Aguiar Pedro Pereira
2000 Laurindo Baptista Esmeralda Ramos
2001 António Páscoa António Baptista
2002 Jose Merceano Rui Rito
2003 Jose Manuel Neves Luís Encarnação
2004 Paulo Barata Leonel Fernandes
2005 José Paulino Fabrice Gaspar
2006 Não houve  
2007 Pedro Peres Tiago Ferreira
2008 Pedro Peres Tiago Ferreira
2009 Luís Mota André Mota
2010 Luís Mota José Ramos
2011 Armindo Neves Bernardo Gusmão
2012 Daniel Nunes Daniel Amaral
2013 Não houve  
2014 Carlos Fernandes Valter Cardoso
2015 Carlos Fernandes Valter Cardoso
2016 Alexandre Ferreira Paulo Amorim
2017 Jorge Carvalho Filipe Oliveira
2018 Nuno Mateus Roberto Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: