Rali da Bélgica substitui Reino Unido no WRC

A prova, marcada para a Irlanda do Norte, foi cancelada «a desafios contínuos causados pela Covid-19. Cabe agora ao país belga receber o Campeonato Mundial de Ralis (WRC) pela primeira vez, a disputar em pisos de asfalto, em Agosto, com data ainda sujeita a confirmação.

(auto.look2010@gmail.com)

O Rali da Bélgica vai integrar o calendário de 2021 do Mundial de Ralis (WRC) pela primeira vez, anunciou hoje a organização do campeonato, substituindo o Reino Unido, que teria uma prova na Irlanda do Norte. Em comunicado, a estrutura organizativa destaca a entrada do 35.º país a acolher provas WRC, com uma corrida de asfalto a substituir a Irlanda do Norte, marcada para Agosto, devido «a desafios contínuos causados pela Covid-19».

A organização mantém a intenção de regressar ao Reino Unido em 2022, com a prova belga a reentrar nos planos, depois de, em 2020, a edição de Novembro ter sido cancelada devido à pandemia. Ao todo, serão três dias de competição com um parque de serviço atmosférico no histórico Grote Markt de Ypres, casa da corrida desde 1965.

Jona Siebel, director da WRC Promoter, detentora dos direitos comerciais do campeonato, disse que Ypres seria um encontro apetitoso para as equipas, pilotos e co-pilotos: «Ypres tem sido uma pedra angular extremamente popular do Campeonato Europeu de Ralis (ERC) ao longo de mais de meio século». «A sua ascensão ao WRC será um dos desafios mais difíceis da temporada e estou muito contente que o campeonato, finalmente, visite a Bélgica após o lamentável atraso do ano passado», acrescentou.

«A mistura complicada de pistas estreitas de asfalto com grandes valas ao longo das estradas, aliada a algumas etapas no escuro e o potencial para climas mistos, proporcionará muita emoção para os espectadores», sublinhou Jona Siebel.

O responsável sustentou ainda que «é triste que o WRC não goze da beleza da Irlanda do Norte este ano, mas a pandemia continua a impactar a economia global». «O nosso entusiasmo por uma prova do WRC permanece muito forte no sentido de voltar à Irlanda do Norte, pelo que esperamos continuar as nossas discussões para venha a acontecer em 2022», argumentou o director da WRC Promoter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *