Raide TT de Góis decide títulos do CNTT 2021

Quinze dias depois de ter disputado a Baja Portalegre 500, o Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno Road to Dakar encerra a temporada 2022 no Raide TT de Góis e com os títulos de campeão em cada uma das disciplinas por decidir. António Maio (Moto), Luís Engeitado (Quad) e João Monteiro (SSV) na liderança.

(auto.look2010@gmail.com)

Gustavo Gaudêncio

Nas motos, onde Gustavo Gaudêncio já se sagrou campeão na Classe TT1, o piloto da Honda enfrenta o campeão António Maio em Yamaha que venceu quatro das seis corridas e parte em vantagem para este duelo.

Na Classe TT2 a ausência de Mário Patrão assegura à partida o título para António Maio, enquanto na Classe TT3 são nada menos do que cinco os pilotos que matematicamente poderiam aspirar a ser campeões: David Megre, Paulo Santos, Óscar Teixeira, Bruno Santos e Micael Simão. Com Bruno Santos lesionado e ausente, este número baixa para quatro.

Nas restantes classes e com Filipe Fragoso na Promoção e Salvador Amaral nos Juniores a terem assegurado antecipadamente a conquista dos respetivos Troféus, está ainda por decidir o título nos veteranos que coloca frente a frente Óscar Teixeira e Paulo Santos.

João Monteiro

Nos Quad, Luís Engeitado reparte com Luís Fernandes os triunfos: três para cada um. O campeão parte em vantagem pontual, mas já pontou em cinco corridas (o máximo para esta temporada) enquanto o seu adversário tem apenas quatro pontuações.

Um duelo que se adivinha extremamente renhido. Nas restantes classes Rafael Carvalho irá sagrar-se vencedor na Promoção face à ausência de Nelson Silva, enquanto Marco Pedroso, Carlos Reguinga e José Galhofas disputam o título na Classe Veteranos.

A categoria SSV promete um final de temporada impróprio para cardíacos. São cinco os pilotos que matematicamente podem aspirar ao título absoluto e de forma igual ao título da Classe TT1: João Monteiro, Roberto Borrego, o campeão João Dias, Alexandre Pinto e Gonçalo Guerreiro.

Roberto Borrego

Idêntica disputa envolve Nuno Abrantes, Victor Melo e André Guerreiro na luta pelo título nos navegadores. Os restantes títulos nos SSV já estão decididos. André Rodrigues e Ricardo Porto Nunes são campeões da Classe TT2 e Alexandre Pinto, Romeu Martins e Ruben Rodrigues triunfaram respetivamente nas Classes Júnior, Veteranos e Promoção.

Por fim está ainda em aberto o título por equipas cuja classificação é liderada pela Benimoto Racing. SGS Car Racing, Team Bianchi Prata – Honda e JB Racing estão também na luta pelo título.

O 28.º Raide Todo-o-Terreno de Góis terá um total de 295,5 km cronometrados num percurso que utiliza pistas dos concelhos de Góis, Pampilhosa da Serra e Arganil. Começa com um prólogo de 6,5 km seguido de dois sectores selectivos de 145 e 72 km respectivamente, a disputar no dia de sábado. No domingo os pilotos farão nova passagem pelo sector selectivo de 72 km.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *