Quintanilla regressou ao comando nas motos

O chileno da Husqvarna assumiu a liderança na classificação de motos do “Dakar”, ao vencer a sexta etapa da prova de todo-o-terreno, enquanto o francês Sébastien Loeb (Peugeot 3008 DKR) alcançou o terceiro triunfo nos automóveis.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Pablo Quintanilla (Husqvarna)

Aos comandos de uma Husqvarna, Pablo Quintanilla foi o mais rápido no Sector Selectivo (SS) e regressou ao comando nas duas rodas, com Ricky Brabec (Honda), que largou de Arequipa na primeira posição, a descer para segundo, a mais de quatro minutos do chileno. O chileno ganhou 7m30s ao norte-americano e conquistou-lhe a liderança, tendo agora 4m38s de avanço sobre o piloto da Honda.

O australiano Toby Price (KTM), por sua vez, subiu ao terceiro lugar e passou a ser a esperança da marca austríaca para manter o domínio que exerce desde 2001.

No que diz respeito aos portugueses, o melhor, Mário Patrão (KTM) foi forçado a desistir, logo na fase inicial do SS, e Joaquim Rodrigues (Hero) penalizado em 41 minutos, perdeu a posição de melhor português para António Maio (Yamaha), o mais rápido no SS (17.º), que subiu para 22.º cinco posições à frente do piloto da Hero. Por sua vez, David Megre (KTM) subiu para 37.º

Sébastien Loeb e Daniel Elena (Peugeot 3008 DKR)

Nos automóveis, o francês Sébastien Loeb (Peugeot 3008 DKR) começou a segunda parte, tal como tinha terminado a primeira, ao ser o mais rápido, pela segunda vez consecutiva, no SS e ascendeu ao segundo lugar, a quase 40 minutos do qatari Nasser Al-Attiyah (Toyota Hilux).

Por seu turno, o também francês Stéphane Peterhansel (Mini JCW), que era apontado como o mais sério opositor do qatari, perdeu mais tempo e desceu para terceiro, mas já a mais de 40 minutos do comandante, diferença de tempo já significativa, e que deixa no ar a sensação de que Nasser-Al-Attiyah está a caminho da terceira vitória na prova.

Sem nada a perder, face ao atraso acumulado, o espanhol Carlos Sainz (Mini JCW) foi o terceiro mais rápido no SS, a quase sete minutos de Sébastien Loeb.

Ricardo Porém e Jorge Monteiro (Can-Am da South Racing)

Nos SxS, o espanhol Gerard Guell (Can-Am) foi o segundo mais rápido na tirada e ascendeu ao comando, à frente do russo Sergei Kariakin (BRP). Já a dupla leiriense Ricardo Porém e Jorge Monteiro, aos comandos de um Can-Am da South Racing, terminou a etapa e a subir para sexto, enquanto Miguel Jordão e Lourival Roldan (Can-Am) foi 11.º na etapa, ocupando a mesma posição à geral. Poe sua vez, Pedro Mello Beryner e (Yamaha) roda atrasado e ainda não tinha concluído o Sector Selectico no fecho desta edição.

 

 

Ricky Brabec (Honda)

CLASSIFICAÇÕES

MOTOS

1.º Pablo Quintanilla (Husqvarna), 3h50m47s

2.º Kevin Benavides (Honda), a 1’52”

3.º Mathias Walkner (KTM), a 4’21”

4.º Toby Price (KTM), a 4’48”

5.º Ricky Brabec (Honda), a 7’30”

6.º Stefan Svitko (KTM), a 8’20”

7.º Andrew Short (Husqvarna), a 13’54”

8º. Luciano Benavides (KTM), a 15’13”

9.º Adrien Van Beveren (Yamaha), a 16’44”

10.º Jose Cornejo (Honda), a21’47”

17.º António Maio (Yamaha), a 42’43”

30.º Joaquim Rodrigues (Hero), a 1.30’32”

33.º David Megre (KTM), a 1.33’56”

Nasser Al-Attiyah e Matthieu Baumel (Toyota Hilux)

AUTOMÓVEIS

1.º Sébastien Loeb/Daniel Elena (Peugeot 3008 DKR), 3h39m21s

2.º Nasser Al-Attiyah/Matthieu Baumel (Toyota Hilux), a 2’17”

3.º Carlos Sainz/Lucas Cruz (Mini JWC), a 6’56”

4.º Cyril Despres/Jean-Paul Cottret (Mini JCW), a 13’05”

5.º Nani Roma/Alex Haro (Mini JCW), a 13’08”

6.º Stéphane Paterhansel/David Castera (Mini JCW), a 18’49”

7.º Martin Prokop/Jan Tomanec ((Ford Ranger), a 19’22”

8.º Giniel De Villiers/Dirk Von Zitzewitz (Toyota Hilux), a 23’29”

9.º Bernhard Ten Brinke/Xavier Panseri (Toyota Hilux), a 27’29”

10.º Stéphane Henrard/Gatien Du Bois (Henrard), a 1.00’34”

Gerard Guell e Daniel Carreras (Can-Am)

SxS

1.º Francisco Lopez/Alvado Leon (CAN-AM), 4h12m08s

2.º Gerard Guell/Daniel Carreras (CAN-AM), a 12’31”

3.º Casey Currie/Rafael Tornabell (CAN-AM), a 16.56”

4.º Sergei Kariakin/Anton Vlasiuk (BRP), a 17’31”

5.º Ricardo Porém/Jorge Monteiro (CAN-AM), a 38’15”

 

 

Toby Price (KTM)

GERAL

MOTOS

1.º Pablo Quintanilla (Husqvarna), 20h45m13s

2.º Ricky Brabec (Honda), a 4’38”

3.º Toby Price (KTM), a 5’17”

4.º Kevin Benavides (Honda), a 8’01”

5.º Adrien Van Beveren (Yamaha), a 9’32”

6.º Mathias Walkner (KTM), a 10’46”

7.º Sam Sunderland (KTM), a 21’06”

8.º Stefan Svitko (KTM), a 31’56”

9.º, Xavier De Soultrait (Yamaha), a 38’04”

10.º Andrew Short (Husqvarna), a 38’56”

23.º António Maio (Yamaha), a 3.42’23”

27.º Joaquim Rodrigues (Hero), a 4.05’31”

36.º David Megre (KTM), a 7.01’56”

AUTOMÓVEIS

1.º Nasser Al-Attiyah/Matthieu Baumel (Toyota Hilux), 21h01m31s

2.º Sébastien Loeb/Daniel Elena (Peugeot 3008 DKR), a 37’43”

3.º Stéphane Paterhansel/David Castera (Mini JCW), a 41’14”

4.º Nani Roma/Alex Haro (Mini JCW), a 45’24”

5.º Cyril Despres/Jean-Paul Cottret (Mini JCW), a 1.32’35”

6.º Jakub Przygonski/Tom Colsoul (Mini All4 Racing), a 2.03’10”

7.º Martin Prokop/Jan Tomanec ((Ford Ranger), a 2.31’02”

8.º Yazzed Al Rajhi/Timo Gottschalk (Mini JCW), a 4’05,00”

9.º Bernhard Ten Brinke/Xavier Panseri (Toyota Hilux), a 4.18’44”

SxS

1.º Gerard Guell/Daniel Carreras (CAN-AM), 26h08m53s

2.º Sergei Kariakin/Anton Vlasiuk (BRP), a 13’31”

3.º Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin (CAN-AM), a 38’36”

4.º Francisco Lopez/Alvado Leon (CAN-AM), a 58’43”

5.º Casie Currie/Rafael Tornabell (CAN-AM), a 1’41’24”

6.º Ricardo Porém/Jorge Monteiro (CAN-AM), a 2.28’24”

A ETAPA DE SEGUNDA-FEIRA

A etapa começa e acaba em San Juan de Marcona, com o SS a ter 323 km, dos 387 km do percurso

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação