Quatro títulos ELMS por decidir em Portugal

As 4 Horas de Portimão são a quinta e última jornada do 2020 European Le Mans Series (ELMS), com 36 viaturas divididas em três classes a prometer alta “voltagem” e corridas cheias de acção. Filipe Albuquerque e o britânico Phil Hanson da equipa United Autosports alinham na prova algarvia já com a conquista do título da categoria LMP2.

CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt)

No próximo dia 1 de Novembro todas as atenções vão estar voltadas para as classes LMP3 e LMGTE para ver quem sai de Portugal com a prata e o título de campeão da Europa. Com os títulos LMP2 já decididos, ainda há uma “reserva” para as 24 Horas de Le Mans de 2021 para ser conquistada pelo segundo classificado na respectiva categoria. Afinal, quem vai juntar-se ao United Autosports em Le Mans no próximo ano?

O conimbricense Filipe Albuquerque e o britânico Phil Hanson, companheiros de equipa na United Autosports, somaram um total de 94 pontos nas primeiras quatro corridas da temporada, fruto de três vitórias, um terceiro lugar e quatro “pole position”. A liderança de Filipe Albuquerque e Phil Hanson é imbatível, tendo sido declarados campeões do ELMS 2020 no final das 4 Horas de Monza.

Depois de terminar em segundo em Itália no início deste mês, o Oreca da United Autosports, conduzido por Alex Brundle, Job Van Uitert e Will Owen, reúne 57 pontos, 20 à frente do Oreca com o número 39 da Graff e do número 31 do Oreca da Panis Racing, com as duas equipas francesas com 37 pontos, um à frente do número 26 G-Drive Racing Aurus. A segunda “reserva” para Le Mans disputada entre estas quatro viaturas em Portimão.

Para além de um novo campeão, Portugal terá também interesse nas duas formações Algarve Pro Racing Orecas, que esperam um pódio em “casa” na última corrida da época, após algumas boas actuações.

Quanto ao LMP3, tudo será decidido em Portugal. Depois de vencer as duas primeiras corridas da presente temporada, o Ligier número 2 da United Autosports e toda a tripulação britânica, nomeadamente Wayne Boyd, Tom Gamble e Rob Wheldon, lideraram a categoria LMP3, mas após uma desistência na terceira ronda e um terceiro lugar em Monza, a diferença para a concorrência diminuiu drasticamente. A United Autosports enfrenta agora dois adversários de peso pelo título em Portugal.

O Ligier número 13 da Competição Inter Europol, de Martin Hippe e Dino Lunardi, segue para o Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, apenas 10 pontos atrás dos líderes do campeonato, após a vitória em Itália e com 58 pontos. Já o Ligier número 8 do Realteam Racing, dos pilotos David Droux e Esteban Garcia, tem uma vitória na terceira jornada em Le Castellet, em 2020, e está actualmente em terceiro com 50 pontos.

O actual campeão Eurointernational tem a hipótese matemática de reter o título, uma vez que o Ligier número 11, actualmente com 47 pontos, encontra-se na quarta posição, 21 atrás do líder com 26 pontos.

Finalmente, e no que diz respeito ao LMGTE, Portimão vai assistir a uma luta titânica entre um Ferrari e um Porsche. O destino dos títulos ELMS LMGTE de 2020 será decidido entre o Ferrari 488 GTE EVO com o número 74 de Kessel Racing e o Porsche 911 RSR núemro 77 da Proton.

Depois de conquistar a segunda vitória da temporada em Monza, Michael Broniszewski, Nicola Cadei e David Perel abriram uma vantagem de 7 pontos para a Ferrari número 74, com 81 pontos, sobre o Porsche número 77 de Christian Ried, Michele Beretta e Alessio Picariello, com 74 pontos.

Com um convite automático para as 24 Horas de Le Mans 2021 em oferta para as duas melhores viaturas da classe LMGTE, o Ferrari número 83 de Iron Lynx, conduzido por Rahel Frey, Michelle Gatting e Manuela Gostner, ainda tem uma hipótese, embora remota, de reivindicar o cobiçado prémio.

A equipa feminina usufrui 53 pontos, 21 atrás do Porsche número 77 da Proton, com a Ferrari Spirit of Race com o número 55 de Matt Griffin, Aaron Scott e Duncan Cameron a somenete um ponto atrás da Ferrari número 83, em 4.º, com 52 pontos.

A competição LMGTE foi reforçada por duas entradas extras com o Porsche 911 RSR número 86 da Gulf Racing conduzido por Michael Wainwright, Ben Barker e Andrew Watson, e o Ferrari número 88 da AF Corse, de Emmanuel Collard, François Perrodo e Alessio Rovera.

Dentro de uma semana e meia, as 4 Horas de Portimão arranca na sexta-feira (30 de Outubro), e termina no domingo (1 de Novembro), onde serão revelados os nomes dos campeões de 2020, aos quais se juntam ao conimbricense Filipe Albuquerque e o britânico Phil Hanson, da equipa na United Autosports, brilhantemente conquistado em Monza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: