Puebla acolhe pelotão da Fórmula E

A cidade mexicana de Puebla é a 25.ª a receber corridas de Fórmula E, juntando-se à Cidade do México, palco das anteriores cinco presenças da competição no país, aproveitando parte do traçado do Autódromo Hermanos Rodriguez.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Vencedor da corrida efectuada nas ruas de Monte Carlo, no traçado usado pela F1, e da corrida do WEC que teve por palco o circuito de Portimão, o português António Félix da Costa (DS) chega a Puebla com a moral em alta e pronto da neutralizar os 10 pontos de atraso que tem para o holandês Robin Frijns (Virgin), que comanda o campeonato.

O facto de utilizado um novo traçado, do qual ninguém tem referências, pode proporcionar surpresas e o aparecimento de novos nomes no topo da tabela de tempos, muito em especial se tiverem o privilégio de participar nos derradeiros grupos de qualificação, que beneficiam do facto das condições de aderência irem melhorando ao longo das sucessivas passagens dos carros.

Para António Félix da Costa, o primeiro dia pode ser mais difícil, por integrar a primeira série da qualificação, mas do seu talento é de esperar tudo e somar pontos é o mais importante para revalidar o título.

CLASSIFICAÇÕES DOS CAMPEONATOS

Pilotos – 1.º Robin Frijns, 62 pontos; 2.º Nyck De Vries, 57; 3.º Mitch Evans, 54; 4.º António Félix da Costa, 52; 5.º, Sam Bird, 49; 6.º, Stoffel Vandoorne, 48; 7.º, Jean-Eric Vergne, 46; 8.º, René Rats, 39; 9.º, Oliver Rowland, 35; 10.º, Jake Dennis, 33; 11.º, Edoardo Mortara, 32; 12.º, Pascal Wehrlein, 32; 13.º, Nico Muller, 30; 14.º, Alexander Sims, 24; 15.º, Alex Lynn, 22; 16.º, Maximilian Gunther, 22 ; 17.º, André Lotterer, 20; 18.º, Nick Cassidy, 19 ; 19.º, Oliver Turvey, 13; 20.º, Lucas Di Grassi, 13; 21.º, Sérgio Sette Câmara, 12; 22.º, Sébastien Buemi, 11; 23º, Norman Nato, 11; 24.º, Tom Blomqvist ; 5 ;

Equipas – 1.º Mercedes-EQ Formula E Team, 105 pontos; 2.º Jaguar Racing, 103; 3.º DS Techeetah, 98; 4.º, Envision Virgin Racing, 81; 5.º, BMW i Andretti Motorsport, 55; 6.º, TAG Heuer Porsche Formula E Team, 52; 7.º, Audi Sport ABT Schaeffler, 52; 8.º, Mahindra Racing, 46; 9.º, Nissan e-Dams, 46; 10.º, Rokti Venturi Racing, 43; 11.º, Dragon/Penske Autosport, 42; 12.º, Nio 333 FE Team, 18;

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *