Prime Stadium promotora do FIM EnduroGP

Esta nomeação surgiu após um processo de concurso oficial lançado no ano de 2019. Até à conclusão do mesmo, a FIM assumiu a promoção da competição, tendo a Prime Stadium ficado com um papel logístico neste mesmo período.

(auto.look2010@gmail.com)

Jorge Viegas e Carla Alvarenga

A FIM anunciou esta manhã que a empresa portuguesa Prime Stadium assumirá já na próxima temporada a promoção do Campeonato do Mundo de Enduro, tendo ainda alcançado um acordo inicial para um período de dez anos, de 2022 a 2031, inclusive.

A Prime Stadium é uma empresa de desporto e eventos há muito estabelecida, dinâmica e em evolução, que está diariamente focada em fornecer soluções integradas de gestão de eventos de máximo nível.

Para além de trabalharem diretamente com os principais fabricantes no sector do enduro, também têm mais experiência através do FIM International Six Days of Enduro (ISDE) que foi organizado em Portugal em 2019. A Prime Stadium está ainda activa no ténis, jet-ski e outros desportos motorizados, além de eventos corporativos, sociais e team building.

O recém-nomeado promotor assumirá o controle da temporada 2022 com sete jornadas já definidas para o Campeonato Mundial FIM EnduroGP do próximo ano, que terá início em Espanha no início de Maio, antes da vinda na semana seguinte a Portugal – Peso da Régua. Após a jornada lusa, seguem-se Itália, Suécia e Eslováquia durante Junho e Julho, para os dois eventos finais na Hungria e Alemanha decorrerem em agosto e outubro, respectivamente.

Satisfeito por partilhar esta importante notícia, o presidente da FIM, Jorge Viegas disse que, «após o concurso lançado em 2019 e depois de um ano de intenso trabalho para continuar o desenvolvimento do Campeonato Mundial de Enduro, a FIM tem o prazer de anunciar que a Prime Stadium foi agora escolhida como promotor para os próximos 10 anos». «Estou confiante de que junto com o novo promotor e todas as partes interessadas envolvidas, iremos colaborar estreitamente para entregar a visibilidade merecida ao Mundo do Enduro», acrescentou.

Carla Alvarenga, directora-geral da Prime Stadium, acrescentou que «estamos orgulhosos e felizes por nos tornarmos o promotor do EnduroGP até 2031». «A FIM fez um ótimo trabalho este ano e faremos o nosso melhor para levar o Enduro para um patamar superior, de forma a criamos todos juntos, um futuro promissor para a modalidade», sublinhou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *