Portugueses infernais na francesa Réquista

Depois do apetitivo na véspera, Steve Holcombe conduziu com arte e engenho a Beta RR 350 Enduro ao triunfo na jornada de abertura do EnduroGP, oferecendo a vitória a Inglaterra. Já o piloto português Gonçalo Reis logrou os louros da vitória na classe Open 2 e o jovem de Coimbra, Frederico Rocha, a terminar o dia na sétima posição da mesma classe.

CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt)

Quem porfia sempre alcança e Portugal voltou a mostrar raça e habilidade no território francês de Réquista. O piloto sintrense de São João das Lampas, de Gonçalo Reis, esteve em particular destaque aos comandos da sua KTM, assinando uma vitória imaculada na classe Open 2, com o tempo de 37m04,91s, relegando para a segunda posição o britânico Samuel Davies, também numa moto da marca austríaca, a 1m14,37s. O francês Loris Gubian levou a Sherco ao terceiro posto da pauta classificativa.

Os restantes pilotos que alinham na classe Open 2 também desempenharam um papel, exemplar este sábado, com Gonçalo Sobrosa (Beta) a encerrar na quinta posição, a 2m14,54s do compatriota, logo seguido do também português Ricardo Wilson, em moto idêntica, a 2m38,97s de Gonçalo Reis.

O piloto Frederico Rocha, aos comandos de uma Husqvarna, foi sétimo classificado, a 3m07,31s – 17.° da classificação geral na classe Open, para motos 2 tempos + motos 4 tempos –, o que traduz na perfeição do excelente comportamento da “armada” lusa por terras sulistas francesas.

Apoiado por Husqvarna Motorcycles Portugal, Elimoto, Salgados Moto Airoh Helmet Formaboots Sprint – Equipamentos de Moto, Mx Wise THOR MX, autolook.pt, Câmara Municipal de Coimbra, Protoetapa, S.A. Kenda Tires, Crosspro-Componentes para motociclos, Ld.ª, Briosa – Escola de Condução e Plush Craft Suspensões, Frederico Rocha voltou a registar uma actuação de muito bom nível, prosseguindo com categoria a sua missão de aprendizagem numa disciplina bastante exigente.

Tomás Clemente, em KTM, esteve em plano na categoria Youth Cup, bem como Filipe Oliveira, os comandos de uma Husqvarna, a evidenciar a sua classe na categoria Open 4T.

Em termos globais, o inglês Steve Holcombe venceu em Réquista o Super Test de Akrapovic, batendo Brad Freeman, compatriota, rival, actual detentor do título de EnduroGP e companheiro de equipa. Atrás da dupla inglesa terminou o piloto gaulês Loic Larrieu (TM Racing), e o seu colega de equipa, o italiano Andrea Verona, ficou com o quarto tempo, cabendo ao também italiano, Davide Guarneri, a encerrar o “top five”.

O dia deste domingo começa bastante cedo, com a ambiciosa “armada” lusitana apta a subir nas classificações individuais e voltar a vencer em equipas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: