Português Rui Soares é engenheiro de Elfyn Evans

Rui Francisco Soares é um dos grandes responsáveis pelo triunfo do inglês Elfyn Evans na 54.ª edição do Vodafone Rally de Portugal. Foi perante uma vaga de entusiasmo contagiante que o piloto da Toyota Razoo Racing festejou com pompa e circunstância na cerimónia de pódio na Marginal de Matosinhos.

(auto.look2010@gmail.com)

Rui Francisco Soares

O sucesso das equipas de ralis e a rapidez das viaturas deve, em grande parte, à entrega e dedicação de muitas pessoas. Rui Francisco Soares é uma pessoa que dispensa apresentações no Mundo dos Ralis, embora para muitos seja uma figura totalmente desconhecida.

Natural de Aguiar da Beira, Rui Francisco Soares iniciou na ARC Sport o gosto pelo desporto automóvel e pelos ralis em particular. Cresceu no universo mecânico das viaturas de competição e, a determinada altura, fez questão de entrar na Universidade de Coimbra e sair pela porta grande.

Do campeonato português chegou rapidamente aos grandes palcos internacionais, tendo passado, entre outras, pela estrutura da Hyundai Motorsport. No início de 2019 viajou de malas e bagagens para o “laboratório” da Toyota Gazoo Racing.

Rui Francisco Soares

À semelhança de 2019, Rui Francisco Soares regressou a Coimbra e à “sua” Universidade na pretérita quarta-feira. Ao final da tarde, a Porta Férrea serviu de pano de fundo para a cerimónia de partida do Vodafone Rally de Portugal e foi precisamente nessa altura que o jovem de Aguiar da Beira acreditou que estava dado o passo para voltar a destacar-se

O engenheiro responsável pelo Toyota Yaris WRC com o número 33 nas portas “puxou dos galões” e, perante a sua competência, coordenou toda a “operação” para que nada faltasse a Elfyn Evans para lograr o triunfo no Vodafone Rally de Portugal.

Na hora de festejar o triunfo em solo nacional, o piloto Toyota Razoon Racing não se esqueceu de quem o ajudou a chegar com sucesso ao final de cada especial e derramar o néctar do champanhe no termo das provas do Campeonato do Mundo de Ralis.

Elfyan Evans triunfou a 54.ª edição do Vodafone Rally de Portugal

«O meu engenheiro é português e por isso era muito especial para ele vencer em “casa”. Estou muito satisfeito por lhe dar essa recompensa pelo árduo trabalho que ele faz por mim», disse o piloto britânico em forma de reconhecimento a Rui Francisco Soares.

Elfyan Evans elegeu também a «atmosfera especial» que o público português trouxe a este rali, o primeiro desde o ano passado, quando surgiu a pandemia da Covid-19, que pôde ter alguns adeptos nas bermas das estradas.

«Foi uma sensação muito boa voltar a ver a público a apoiar-nos. Estava tudo muito bem organizado e controlado. Sinto que a presença do público deu uma atmosfera especial ao evento», sublinhou o vencedor do Vodafone Rally de Portugal.

Elfyan Evans no Salto da Pedra, em Fafe

O piloto da Toyota Razoo Racing reconheceu, ainda assim, que esta foi «uma prova dura», num fim-de-semana «muito intenso». «Não foi fácil, mas felizmente não tivemos problemas com o carro e conseguimos ser muito consistentes. Sinto que foi um bom resultado para mim e para a equipa», concluiu Elfyan Evans.

O piloto britânico, que venceu pela primeira vez o Vodafone Rally de Portugal, concluiu a quarta ronda do campeonato com o tempo de 3h38m54,5s, batendo o espanhol Sordo (Hyundai i20 Coupe WRC) por 55,3 segundos e o francês Sébastien Ogier (Toyota Yaris WRC) por 2m00,1s.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *