Portugal de Lés-a-Lés domingo na Figueira da Foz

Felgueiras-Figueira da Foz-Algarve, de 9 a 12 de Junho. Percurso da 21.ª edição pleno de novidades desvendado domingo, na Praia da Claridade, no Grande Hotel da Figueira da Foz (Hotel Mercure).

(auto.look2010@gmail.com)

Com presença garantida de centenas de entusiastas motociclistas, a apresentação oficial do 21.º Portugal de Lés-a-Lés vai decorrer domingo (24 de Fevereiro), a partir das 15h00, no Grande Hotel da Figueira da Foz (Hotel Mercure). Momento de descobrir as cidades-etapa que se juntarão a Felgueiras e à própria Figueira da Foz, bem como grande parte do percurso de uma edição marcada pela constante companhia do Oceano Atlântico, no mais costeiro Lés-a-Lés de sempre.

Mas haverá muitas outras novidades para conhecer do evento organizado pela Federação de Motociclismo de Portugal, que, de 9 a 12

de Junho, vai atravessar o país, rumo ao Algarve, bem como a oportunidade de concretizar imediatamente a inscrição, garantindo, desde logo, um lugar na dianteira da enorme caravana.

Pelotão que, por questões de segurança e da qualidade do evento, será limitado a 2000 motociclistas que, logo no primeiro dia, após as Verificações Técnicas e Documentais, participarão no bem oxigenado e verdejante Passeio de Abertura. “Passeata” por Felgueiras, com forte apoio dos elementos do clube Felroad, repleto de pontos de interesse, capazes de surpreender num concelho marcada pela forte industrialização, com a descoberta dos vales dos rios Ferro e Vizela, e muito troços em agradável contacto com a natureza também pelos vales do Torno e Bugio.

Garantidas estão ainda aprazíveis passagens por Vila Verde e Esposende, antes da paragem na Murtosa onde a autarquia oferecerá um simpático reforço alimentar, com especialidades da região, juntamente com um dos mais bonitos percursos da primeira etapa da grande maratona.

Para isso, “abriu portas” de alguns troços da Cicloria que, ao longo dos esteiros da Ria de Aveiro, entre Ovar e Estarreja, oferece paisagens ímpares em íntimo contacto com a natureza, onde se cumprem na plenitude os principais desígnios da maior aventura mototurística da Europa: descobrir e desfrutar dos locais mais bonitos de Portugal Continental.

Percurso pelo litoral na primeira vez que o Lés-a-Lés tem um final de etapa junto à foz do Mondego, com passagem pela belíssima praia de Quiaios e vistas imponentes sobre a serra da Boa Viagem, e com garantia de muitas surpresas pelas mais pitorescas estradas nacionais e municipais, sempre afastados das auto-estradas, SCUT’s, IP’s ou IC’s.

Aventura de descoberta “exclusiva” para os que efetuarem a inscrição atempada, seja no dia da apresentação, na Figueira da Foz, como a partir do dia 1 de Março no site da FMP (www.fmp.pt) ou presencialmente na sede da federação – Largo Vitorino Damásio 3C Pavilhão 1, 1200-871 Lisboa – entre as 10h00 e as 17h00 de segunda a sexta-feira.

Inscrições abertas até 26 de maio e cujo valor será idêntico ao da edição de 2018, de 200 euros incluindo já uma anuidade (25 euros do Cartão de Motociclista, indispensável para a participação, enquanto os sócios dos motoclubes federados pagarão 195 euros e para aqueles que tiverem o cartão válido à data do evento o custo de inscrição é de 175 euros. Cartão que, sublinhe-se, entre muitas outras vantagens, garante descontos em combustíveis e um seguro com diversos benefícios, feito bem à medida das necessidades dos motociclistas.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação