Porsche vendeu 53 mil unidades no 1.º trimestre

Nos três primeiros meses de 2020, a Porsche entregou um total de 53.125 automóveis a clientes. Comparativamente ao ano anterior, as entregas diminuíram 5 por cento devido aos efeitos da pandemia do coronavírus.

(auto.look2010@gmail.com)

O Cayenne foi o modelo mais popular com 18.417 unidades entregues. Seguiu-se o Macan com 15.547 unidades. A actual geração do Porsche 911 é também muito popular entre os clientes: o icónico automóvel desportivo foi entregue 8.482 vezes. Isto representa um aumento de 16 por cento comparativamente ao mesmo período no ano anterior. O Taycan, o primeiro automóvel desportivo totalmente eléctrico da Porsche, que chegou ao mercado no final de 2019, já foi entregue a 1.391 clientes durante o primeiro trimestre de 2020.

«Não estamos sozinhos a sentir os efeitos da pandemia do coronavírus nas nossas vendas. Mas o nosso foco agora é estarmos juntos com os nossos parceiros de negócio pelo mundo. Ao trabalharmos juntos, estamos em posição para reagir rápida e apropriadamente aos futuros desenvolvimentos», afirmou Detlev von Platen, membro do Conselho Executivo para Vendas e Marketing na Porsche AG.

«Depois deste desafiante primeiro trimestre, estamos agora activamente a preparar o reinício da produção. A nossa principal prioridade será sempre a saúde dos nossos funcionários, dos funcionários dos nossos parceiros no retalho e, claro, a saúde dos nossos clientes. Estamos confiantes de que o futuro é positivo, não apenas porque vemos uma clara recuperação no mercado chinês; quase todos os nossos Centros Porsche já reabriram», acrescentou.

CHINA E EUA OS MERCADOS MAIS FORTES

Foram entregues 14.098 automóveis Porsche a clientes chineses no primeiro trimestre de 2020, tornando a China o mercado individual com o maior número de entregas. Os EUA voltam a ocupar a segunda posição com 11.994 entregas.

Na Alemanha, a Porsche foi capaz de entregar 5.214 automóveis a clientes. Um total de 16.787 unidades foi entregue no mercado europeu. Os clientes da Ásia-Pacífico, África e Médio Oriente receberam 22.031 automóveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: