Porsche eleva-se no espírito do Estoril Classics

Pedro Bastos Resende e Miguel Amaral impuseram o seu Porsche 911 3.0 RS na primeira corrida da ronda do Estoril do Iberian Historic Endurance, que integrou o programa do Estoril Classics.

(auto.look2010@gmail.com)

A dupla do carro de Zuffenhausen já conquistara a pole-position durante a qualificação matinal e durante a prova de cinquenta minutos desta tarde voltou a ditar a lei da sua imponente máquina, ao deixar o segundo classificado a quase quarenta segundos, vencendo ainda a classe H-1976. Inicialmente, seriam James Guess e James Hilliard a dominar as operações, mas a dupla do Ginetta G10 abandonaria quando estavam decorridas nove voltas, deixando o Porsche no comando definitivamente.

A segunda posição esteve durante grande parte da corrida nas mãos de Carlos Barbot. Contudo, o piloto do exótico Merlyn Mk4 não evitou um ligeiro contratempo no tráfego do pelotão composto por trinta e dois concorrentes, perdendo cerca de quinze segundos.

Francisco Carvalho e Miguel Ferreira, que mantiveram sempre o segundo classificado no seu horizonte, aproveitaram o problema de Carlos Barbot da melhor forma, subindo à vice-liderança, posição em que cruzaram a linha de meta, vencendo a classe H-1971 no seu eficaz Ford Escort Mk1, o que relegou o homem do Merlyn Mk4 para o degrau mais baixo do pódio, triunfando ainda assim na classe H-GTP.

Jorge Cruz, no seu BMW 323i, assinou uma prova de encher o olho, conseguindo elevar-se ao quinto lugar da geral, no encalço do Porsche 911 3.0 RS de E. Vila, vencendo entre os H-C, depois de ter alinhado na oitava posição da grelha de partida. Allen Tice e Chris Conoley assinaram uma performance notável, colocando espectacular Marcos 1800 GTS no quinto lugar da geral, triunfando entre os concorrentes da classe H-1965, deixando longe toda a oposição.

A Gentlemen Drivers Spirit prometia muita competitividade, mas Nuno Nunes não deixou de impor o seu belo Porsche 911 SWB, superiorizando-se ao Alfa Romeo GTA de Christian Oldendorff e Rorbert Troullier.

Este domingo realiza-se a segunda corrida do Iberian Historic Endurance do programa do Estoril Classics, com início às 12h05, esperando-se mais cinquenta minutos de animados por máquinas carregadas de história. Para Diogo Ferrão, o responsável máximo da Race Ready, mostrou-se extremamente satisfeito com a corrida deste sábado e forma como valorizou o Estoril Classics.

«Este é um dos eventos que a cada ano que passa vem afirmando-se no calendário europeu de eventos de automobilismo de clássicos. O Iberian Historic Endurance tem um glamour muito próprio que ajuda na afirmação internacional do Estoril Classics, uma vez que cativa inúmeros pilotos e equipas de todo o continente. Além disso, evidencia uma competitividade muito semelhante entre carros muito diferentes e marcantes que ajuda a cativar o público e todos os participantes», sublinhou.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação