Polestar Precept: a criação de um SUV futurista

 “O Precept é, em si próprio, um manifesto, que tem como objectivo não apenas mostrar a nova linguagem de design da marca, como também para apresentar o futuro Polestar 3”, indicou Maximilian Missoni, director de design da Polestar.

CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt)

Embora, para já, não mais que um concept, a Polestar continua a divulgar fotos e dados do protótipo Precept, evidenciando a performance eléctrica do Volvo Car Group, para o futuro. Objectivamente, este concept pode dar origem a um modelo autêntico, dentro de poucos anos, embora bastante desigual das actuais imagens.

Precept, o carro com o qual a Polestar prevê seu futuro, foi criado para mostrar três áreas principais da marca sueca: sustentabilidade, tecnologia digital e design. Após sua revelação digital em Fevereiro, o CEO da Polestar, Thomas Ingenlath, agora dá uma olhada no Precept em detalhes e, na realidade, em Gotemburgo, na Suécia.

O nome “Precept” foi escolhido para enfatizar o papel do veículo em definir a intenção da Polestar como a marca de desempenho eléctrico contemporânea. Um preceito é um manifesto do que está para vir. O carro representa um marco importante para a Polestar como uma marca independente, descrevendo uma filosofia de design exclusiva que permanece firmemente incorporada aos valores da marca da Polestar: puro, progressivo e desempenho.

«As pessoas estão sempre a perguntar “qual é o futuro da Polestar?”. É claro que ainda não estamos a mostrar os nossos modelos do futuro. Mas o Precept mostra aonde vamos chegar – através da nossa direcção de design, as nossas ambições sobre sustentabilidade e a excelente experiência do usuário digital que traremos com esses futuros carros. O preceito mostra o nosso futuro, não como um sonho chique ou algo extraído de um filme de ficção científica. Esta é a nossa realidade que está para vir», sustentou Thomas Ingenlath.

A confirmação desta hipótese, acaba por surgir também pela voz do director de design da Polestar, Maximilian Missoni, assumindo que o “Precept” é, por si só, um manifesto que tem como objectivo, não apenas mostrar a nova linguagem de design da marca, como também para apresentar o futuro Polestar 3».

O novo concept da Polestar visa afirmar uma visão alicerçada em três áreas-chave conforme já foi referido, ou seja, sustentabilidade, tecnologia e design. Sendo que, no que ao primeiro pilar diz respeito, destaca-se a utilização de compósitos na parte posterior dos bancos e nos painéis, além de materiais reciclados: garrafas de plástico nas costuras dos bancos, rolhas nos encostos de cabeça e apoios laterais, e redes de pesca nos tapetes.

Já no capítulo da tecnologia digital, o Polestar Precept apresenta-se com uma evolução do sistema de “infotainment” baseado no Android, utilizado pela primeira vez no Polestar 2, além de uma interface digital de 15 polegadas capaz de reconhecer o condutor após a identificação, serviços de streaming de vídeo e monitorização ocular na disponibilização da informação. Graças ao Sistema Avançado de Assistência à Condução, conjugado com o Google Maps, o Precept anuncia ainda manobras mais seguras e previsões mais precisas, com base nas condições de tráfego.

Finalmente e em termos de design, destaque para as rodas de 22 polegadas com pastilhas aerodinâmicas, a assinatura luminosa Martelo de Thor numa interpretação mais robótica, e uma sequências de luzes de boas-vindas e de despedida, inspiradas, segundo o fabricante, em eventos astronómicos. E que começam numa explosão de luz, do centro do automóvel, que irradia para o exterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *