Pol Espargaró explica colisão com Miguel Oliveira

Os dois pilotos abandonaram a prova austríaca, após o incidente, a 10 voltas do fim, quando o português seguia no sexto posto.

(auto.look2010@gmail.com)

O espanhol Pol Espargaró (KTM) culpou um «erro da equipa e de todos», na falta de pneus intermédios traseiros novos, num Grande Prémio da Áustria em que colidiu com Miguel Oliveira (KTM). Os dois pilotos abandonaram a prova, após o incidente, a 10 voltas do fim, quando o português seguia no sexto posto.

«Foi erro meu, erro da equipa, erro de todos, porque não esperávamos que aparecesse uma bandeira vermelha nesta corrida, e apareceu», assinalou o espanhol, após o final. Pol Espargaró lamentou o incidente, que custou à KTM a perda dos dois pilotos, numa prova em que, afirmou, a equipa estava a ser «a mais rápida» antes de trocar de pneus para uns usados, após a bandeira vermelha.

«Como na República Checa, tínhamos a melhor moto, e creio que este domingo e também a tínhamos. Aconteceu o que aconteceu. Éramos candidatos à vitória, agora tenho é ânsia pelo próximo fim-de-semana», atirou, referindo-se à quinta prova do Mundial, que volta a decorrer em Spielberg.

Por seu lado, Miguel Oliveira considerou que foi «um resultado difícil» apesar de ter demonstrado «bastante velocidade». «Acho que podíamos ter feito um bom resultado para a equipa. É uma pena este “não-resultado” mas teremos uma nova oportunidade na próxima semana, pelo que já estamos a pensar nisso”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: