Piloto chinês Guanyu Zhou na Fórmula 1 em 2022

Guanyu Zhou vai substituir Antonio Giovinazzi na Alfa Romeo, tornando-se desta forma no primeiro chinês a ser piloto oficial de uma equipa de Fórmula 1.

(auto.look2010@gmail.com)

Guanyu Zhou é o primeiro chinês a ingressar na Fórmula 1

A Alfa Romeo oficializou a sua dupla de pilotos para a temporada de 2022, da qual sairá, como se esperava, Antonio Giovinazzi para dar lugar ao chinês Guanyu Zhou. A escuderia italiana terá, desta forma, uma dupla de pilotos totalmente renovada na temporada de 2022, visto que ao lado de Guanyu Zhou estará Vallteri Bottas, que vai deixar a Mercedes e substituir Kimi Raikkonen na Alfa Romeo.

Guanyu Zhou tem 22 anos, luta actualmente pelo título de campeão mundial na Fórmula 2 e era piloto de testes da Alpine. Vai, agora, tornar-se no primeiro chinês a ser piloto oficial de uma equipa de Fórmula 1.

«Sonhava desde muito jovem estar o mais alto que pudesse num desporto pelo qual sou apaixonado e agora o sonho tornou-se realidade. É um privilégio para mim começar minha carreira na Fórmula 1 com uma equipa icónica, que introduziu tantos jovens talentos na Fórmula 1 no passado. Agora o sonho é realidade», disse o jovem chinês em declarações reproduzidas pelo site oficial da Fórmula 1.

Antonio Giovinazzi vai dar o lugar ao chinês Guanyu Zhou

«Ser o primeiro piloto chinês na Fórmula 1 é um avanço para a história do automobilismo na China. Sei que muitas esperanças estarão depositadas em mim e, como sempre, vou tomar isso como motivação para me tornar melhor», disse Guanyu Zhou.

A chegada de Zhou ocorre no momento em que a Fórmula 1 tenta impulsionar o seu crescimento na China, que recebe a prova rainha do automobilismo mundial desde 2004, mas que não foi capaz de organizar em 2020 e 2021 devido às restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus.

«A notícia de que Guanyu Zhou estará na Fórmula 1 na próxima temporada é fantástica para o desporto e para os milhões de apaixonados adeptos chineses, que agora têm um herói para torcer durante todo o ano», disse o director executivo da F1, Stefano Domenicali.

O responsável da Fórmula 1 disse que «a pirâmide da Fórmula 2 está a funcionar bem, promovendo talentos para a primeira divisão», e considerou Zhou um piloto com um potencial incrível, que será uma mais-valia fantástica para a grelha de 2022.

A Alfa Romeo ocupa atualmente o 9.º e penúltimo lugar da classificação do Mundial de Construtores de Fórmula 1, com 11 pontos somados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *