Pião em Lagos atrasa Ricardo Teodósio

Bruno Magalhães (Hyundai i20 R5) terminou esta sexta-feira na liderança o primeiro dia do rali Casinos do Algarve, após as cinco primeiras classificativas da nona e última prova do Campeonato de Portugal de Ralis (CPR).

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com) -Fotos: JORGE CUNHA E ALBANO LOUREIRO /AIFA E OFICIAIS

Um pião na curta Super Especial de Lagos (1,60 km), ganha por Pedro Paixão (Skoda Fabia R5), custou 9 segundos a Ricardo Teodósio (Skoda Fabia R5 Evo) e relegou-o para o terceiro lugar, atrás de Bruno Magalhães (Hyundai i20 R5) e José Pedro Fontes (Citroen C3 R5).

Apesar de ter sido terceiro, atrás dos madeirenses Pedro Paixão e Alexandre Camacho (Skoda Fabia R5), que mostraram uma enorme eficácia perante os milhares de espectadores que acorreram às ruas da cidade de Lagos, Bruno Magalhães somou mais 0,5 pontos por ter sido o mais rápidos dos envolvidos no Campeonato de Portugal e continua a ameaçar Ricardo Teodósio que, em consequência do pião, perdeu um segundo lugar que lhe dava outra tranquilidade na luta pelo título.

Embora ser segundo, as hipóteses de José Pedro Fontes (Citroen C3 R5) chegar ao título são cada vez mais remotas, mas o piloto da Citroen pode, se mantiver o segundo lugar, contribuir para que Bruno Magalhães reconquiste o título, que foi seu pela última vez em 2009.

Igualmente fora da corrida está o campeão em título, Armindo Araújo (Hyundai i20 R5), quinto da geral, atrás ainda de Alexandre Camacho que, à medida que a prova avança, está a mostrar cada vez melhor andamento e pode chegar ao pódio, ainda que o seu resultado não influencie o campeonato, por não estar inscrito.

Em termos de Campeonato Sul, Márcio Marreiros (Mitsubishi Lancer IX) continua a ser o mais rápido nas especiais e a aumentar a vantagem sobre os seus perseguidores, com João Bica (Mitsubishi Lancer IX) e Ricardo Filipe (Mitsubishi Carisma GT) a ocuparem, no final do primeiro dia, os restantes lugares do pódio.

Para este sábado, os concorrentes cumprem uma dupla passagem pelas especiais de Nave Redonda (18,20 km – 10h02 e 11h35) e Monchique (10,70 km – 10h58 e 12h31), com a parte competitiva a terminar com a Super Especial de Portimão (2,50 km – 15h00), estando a consagração dos vencedores e dos campeões marcada para a Praia da Rocha (17h00)

Os participantes no Campeonato Sul de Ralis passam apenas uma vez pelas duas primeiras especiais e cumprem a Super Especial de Portimão.

CLASSIFICAÇÃO, APÓS CINCO ESPECIAIS

CAMPEONATO DE PORTUGAL

1.º Bruno Magalhães/Hugo Magalhães (Hyundai i20 R5), 35’16,3”

2.º José Pedro Fontes/Inês Ponte (Citroen C3 R5), a 7,9”

3.º Ricardo Teodósio/José Teixeira (Skoda Fabia R5 Evo), a 10,6”

4.º Alexandre Camacho/Jorge Henriques (Skoda Fabia R5), a 12,2”

5.º Armindo Araújo/Luís Ramalho (Hyundai i20 R5), a 30,1”

6.º Pedro Meireles/Mário Castro (VW Polo GTi R5), a 42,6”

7.º Robert Blach/Jose Murado (Citroen DS3 R5), a 1’13,1”

8.º Pedro Almeida/Miguel Ramalho (Skoda Fabia R5), a 1’35,4”

9.º Miguel Correia/Pedro Alves (Skoda Fabia R5), a 2’27,2”

10.º António Dias/Nuno Rodrigues da Silva (Skoda Fabia R5), a 3’43,4”

CLASSIFICAÇÃO, APÓS DUAS ESPECIAIS

CAMPEONATO DO SUL

1.º Márcio Marreiros/Rui Serra (Mitsubishi Lancer IX), 19’51,5”

2.º João Bica/Carlos Santos (Mitsubishi Lancer IX), a 39,3”

3.º Ricardo Filipe/Fernando Almeida (Mitsubishi Lancer VI), a 52,8”

4.º Luís Mota/Alexandre Ramos (Mitsubishi Lancer VI), a 1’27,2”

5.º Vítor Vilela/Edgar Gonçalves (Citroen C2 R2), a 1’35,0”

6.º Richard Hall/Rory Kennedy (Ford Escort RS 1800), a 2’35,2”

7.º Manuel Pinto/Luís Boiça (Skoda Fabia R2), a 2’41,7”

8.º Paulo Anselmo/Eduardo Gonçalves (Peugeot 205 GTi), a 2’49,8”

9.º Viana Martins/Vítor Viegas (Renault Clio 2.0 Cup), a 2’52,9”

10.º Nuno Venâncio/André Barras (Mitsubishi Lancer VII), a 3’27,1”

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação