Peugeot 3008 eleito o“Híbrido Plug-in do Ano”

O Peugeot 3008 Hybrd4 acaba de ser eleito o “Híbrido Plug-in do Ano”, nos prémios anuais atribuídos pelo jornal “Observador”. É o segundo prémio conquistado por modelos Peugeot na edição “Prémios Auto Observador2020”, depois do novo 208 ter ganho a categoria de “Melhor Automóvel Até 20.000 euros”.

(auto.look2010@gmail.com)

Em transmissão realizada há minutos em livestream no site deste órgão de comunicação social, o SUV 3008 Hybrid4 foi o modelo eleito pelo júri composto por cerca de 25.000 leitores, a quem cabe decidir os vencedores das 8 categorias a concurso.

Numa categoria claramente dominada pela tecnologia, o SUV 3008 Hybrid4bateu os restantes 9 modelos concorrentes e impôs-se na “finalíssima” ao BMW 330e. Depois de terem consagrado o novo Peugeot 208 como a “Melhor Proposta até aos 20.000 euros”, os cerca de 25.000 participantes na 3.ª edição dos “Prémios Auto Observador” voltaram a atribuir novo troféu a um modelo Peugeot e escolheram o SUV 3008 Hybrid4, como vencedor da categoria “Híbrido Plug-in do Ano”.

Recorde-se que a plataforma de informação “Observador” tem estado a anunciar, em ambiente online, os vencedores dos seus prémios anuais, que resultam, em exclusivo, da opinião e dos votos de aproximadamente 25.000 leitores. Nas oito categorias a concurso este ano aqueles puderam escolher as melhores propostas entre um total de 77 modelos lançados no mercado nacional no ano passado, de 20 marcas automóveis.

Numa categoria onde imperam os conteúdos de tecnologia, o vencedor foi o SUV Peugeot 3008 Hybrd4, proposta que a Peugeot colocou no mercado em Novembro último e que integra a estratégia de electrificação da marca, sendo, aliás o seu modelo mais potente e tecnológico. Este 3008 HYBRID4combina um motor PureTech de 200 cv/147 kW com dois motores eléctricos (um à frente e outro atrás), cada um deles debitando 110 cv /80 kW, gerando o equivalente a 300 cv/220 kW.

Está associado a uma bateria de 13,2 kWhe a um sistema de tracção às 4 rodas. O SUV 3008 está também disponível numa versão mais acessível com uma potência de 225 cv (165 kW) com tracção 4×2, com um motor eléctrico de 80 kW e um a gasolina de 180 cv (132 kW).

«Quero agradecer ao “Observador” e, em especial, aos seus leitores, este prémio atribuído ao 3008 Hybrid4 que é, para nós, um enorme orgulho. O 3008 já representa hoje uma das viaturas mais importantes da nossa gama, e esta versão híbrida permite-nos reforçar a nossa posição no mercado SUV. Está disponível na motorização de 225 cv e na de 300 cv, que é a mais potente que temos hoje na gama Peugeot», afirmou Helena Botelho, directora-geral da Peugeot Portugal e Espanha.

Representante da evolução da gama Peugeot, o SUV 3008 Hybrid4 alcança, assim, um importante galardão em Portugal e impõe-se aos seus concorrentes numa fase decrescente electrificação do mercado e numa categoria de automóveis que tem uma expressão cada vez maior no nosso país.

Em destaque para os leitores do “Observador” estiveram, além do design marcante do SUV médio da Peugeot, os conteúdos tecnológicos do modelo e os números associados à tecnologia Hybrid4, designadamente a autonomia 100% eléctrica máxima de 59 quilómetros, a potência acumulada de 300 cv e as emissões de CO2 ao melhor nível do mercado, a partir de 29 g/km (nota: valores WLTP), entre outras referências.

«O SUV 3008 enquadra-se na perfeição nas necessidades dos nossos clientes – e do vosso público, já que o escolheram – e das empresas. É importante referir que o 3008, quer na versão de 225 cv, quer na de 300 cv (excepto na versão GT) enquadra-se no patamar de tributação autónoma dos 35.000 euros, pelo que é uma escolha plenamente acertada. Do nosso lado, na marca Peugeot, já começámos o caminho para a electrificação, em 2020 temos já 50% da nossa gama electrificada, e os nossos novos modelos irão, pouco a pouco, ter também as suas propostas electrificadas», acrescentou Helena Botelho.

«O design e a qualidade das nossas viaturas são factores de escolha importantes, mas também o é a disponibilização dos nossos modelos em diferentes tipos de energias, de modo a dar aos nossos clientes esse poder de escolha, para alcançarem a melhor forma de mobilidade possível. Obrigado, mais uma vez, por este prémio. É um grande orgulho para mim e para toda a equipa da PEUGEOT Portugal recebê-lo», finalizou a directora-geral da Peugeot Portugal e Espanha.

Na corrida a este troféu, estiveram em votação 10 modelos híbridos plug-in lançados no nosso país em 2019, tendo o SUV da Peugeot batido na “finalíssima” o BMW 330e. À semelhança dos anteriores, o prémio foi entregue, de modo virtual, por Alfredo Lavrador, responsável pela área Automóvel desta publicação online de referência a Helena Botelho, directora-geral da Peugeot Portugal e Espanha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *