Peterhansel e Fiúza vencem nos automóveis

Não foi nas três primeiras etapas, mas foi na quarta que o francês e “Senhor Dakar”, navegado pelo mafrense Paulo Fiúza, conduziu o Mini Buggy ao triunfo. Uma vitória que, apesar da dificuldade de comunicação em inglês entre piloto e navegador, foi festejada à grande e à francesa, e em português…

CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt) – EM ACTUALIZAÇÃO

O francês Stéphane Peterhansel, em Mini Buggy, com as cores Bahrain JCW X-Raid Team e navegado pelo português Paulo Fiúza, venceu a etapa de hoje do Dakar, com o tempo de 4m04m34s, menos 2m26s que o qatari Nasser Al-Attiyah (Toyota Hilux), com o espanhol Carlos Sainz (Mini Buggy), a recuperar na fase final da tirada e a ceder 7m18s para o seu colega de equipa.

Tratou-se de um triunfo que surgiu numa altura em que o Dakar caminha a passos largos para um ciclo ainda mais espinhoso, já que Stéphane Peterhansel e Paulo Fiúza não desperdiçaram a oportunidade de passar de quinto para o terceiro posto, agora a 11m42s de Carlos Sainz.

A quarta posição ficou entregue ao saudita Yazeed al Rajhi, aos comandos de uma Toyota Hilux, à frente do Buggy Century de Mathieu Serradori, com o sul-africano Giniel De Villiers, em Toyota Hilux, a terminar em sexto. Já Bernhard Ten Brinke (Toyota Hilux) foi sétimo, ao passo que Jakub Przygonski (Mini) e W. Han (2WD) a cotarem-se o oitavo e nono mais rápiso, respectivamente, cabendo a Orlando Terranova (Mini) a fechar o “top ten”, mas a 22m22s do vencedor da etapa.

Carlos Sainz (Mini Buggy) mantém a liderança, a 3m03s de avanço para Nasser Al-Attiyah (Toyota), com Stéphane Peterhansel (Mini Buggy) em terceiro, a 11m42s do piloto madrileno.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação