Pedro Pereira Jr. implacável no “Norte de Ralis”

O piloto do Buçaco, navegado por Sandro Trindade, conduziu o Peugeot 106 XSI ao 15.º lugar no Rally Fafe Montelongo, competição do Demoporto pontuável para o Campeonato Norte de Ralis, num universo de 35 equipas que concluíram a prova.

CARLOS SOUSA (auto.look2010@gmail.com)

«Este rali foi muito difícil. Tivemos de suportar alguns condicionalismos derivado às condições climatéricas que se apresentaram, com troços fantásticos mas a requerer muita atenção devido a constantes alterações de piso», referiu Pedro Pereira Jr., sublinhando ter sido «o possível perante todas as dificuldades».

«Tudo fizemos para subir lugares na classificação e fizemos as especiais com intuito de chegar ao final. Terminámos numa posição que honra os nossos parceiros, mas pelo meio tivemos um variado conjunto de situações que foram resolvidas com maior ou menor dificuldade», acrescentou o jovem piloto bairradino.

Pedro Pereira Jr. confidenciou que «na primeira classificativa que realizámos – a única disputada em piso seco –, notámos que o carro falhava em alta rotação, algo que só conseguimos solucionar na visita ao parque de assistência, graças à nossa equipa, a MRD Motorsport, bem como o senhor Júlio Santos que nos disponibilizou um cabo de velas para substituir o nosso que estava partido, a quem agradecemos a sua generosidade».

Com os problemas resolvidos, a jovem dupla do Peugeot 106 XSI abordou a segunda secção do Rally Fafe Montelongo «com o objectivo de manter a nossa posição, mas quando os irmãos Cunha foram forçados a abandonar a prova, que até então apresentavam um ritmo fortíssimo, acabámos por subir um lugar na classificação». «No último troço, com condições muito difíceis, sabíamos que tínhamos de atacar para não perder o 1º lugar entre a “armada” dos 106 e 2º no Desafio Khumo Divisão 3 e assim o fizemos, vencendo o troço na nossa classe e fazendo o 10.º tempo à geral no Campeonato Norte de Ralis», sustentou Pedro Pereira Jr.

«Foi uma prova muito interessante de que gostámos muito de fazer que, apesar de todas as dificuldades sentidas, serviu para nos adaptar ao nosso Peugeot 106 XSI. Deixámos a região de Fafe bastante satisfeitos, mas este é o momento para agradecer à nossa equipa MRD Motorsport, nas pessoas de Paulo Duarte, Fábio Paço e Pedro Moura, pela preciosa ajuda que nos deram durante o fim-de-semana. Um agradecimento extensível ao Ricardo Domingos, da Domingos Sport, que se mostrou logo disponível para nos ajudar a solucionar alguns contratempos que fomos tendo ao longo do Rali. Para finalizar, um grande obrigado ao meu pai (Pedro Pereira), irmã (Inês Gomes) e tio (Raul Aguiar) pelo apoio incondicional e ajuda na preparação do 106. Queremos agradecer a todos os parceiros – Dronezone, Churrasqueira Rocha, Vinyl M Hotel, Green Partner – Conservação Florestal, Junta de Freguesia de Luso, Termas de Luso, MRD Motorsport e autolook.pt – pelo apoio e confiança depositados e nós e por nos permitir continuar a lutar e a fazer aquilo que tanto gostamos», referiu o piloto do Buçaco, que segue nesta aventura desportiva com Sandro Trindade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: