Pedro Paixão morreu após despiste de moto

O piloto de ralis madeirense Pedro Paixão, com 28 anos, faleceu hoje na sequência de um acidente com uma moto no Porto Santo, disse fonte dos bombeiros daquela ilha.

(auto.look2010@gmail.com)

O acidente aconteceu na zona do porto de abrigo, tendo o piloto sido transportado para o centro de saúde, mas não resistiu aos ferimentos, acrescentou a mesma fonte. Pedro Paixão estava a disputar o Campeonato Regional de Ralis e subiu ao pódio na prova da Ribeira Brava, que se disputou nos passados dias 3 e 4 de junho, ocupando o terceiro lugar.

Pedro Paixão tripulava um Citroën C3 Rally e teve como co-piloto Paulo João. A Câmara Municipal do Funchal e o seu presidente, Pedro Calado, também co-piloto de rali, já «manifestam o seu profundo pesar pelo falecimento do jovem piloto de ralis Pedro Paixão».

«A sua dedicação, paixão, irreverência e entusiasmo pelo desporto automóvel, que tanta admiração e simpatia granjeava, entre os madeirenses amantes da modalidade, assim como as suas qualidades enquanto piloto e amigo, jamais serão esquecidas», lê-se na nota distribuída pela autarquia do Funchal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.