Pedro Dias da Silva com Ford Ranger EXR05 Proto

Após um mês de interregno, a PRK Sport Rally Team está de regresso à actividade para disputar a Baja TT ACP, segunda prova da temporada 2020 e uma estreia absoluta em termos de campeonato da dupla Pedro Dias da Silva e José Janela que se apresenta em Grândola com um novo carro e com ambições renovadas.

(auto.look2010@gmail.com)

Depois de em 2019 terem assegurado o terceiro lugar no Campeonato, este ano Pedro Dias da Silva renovou a aposta adquirindo uma nova Ford Ranger EXR05 Proto do agrupamento T1, equipada igualmente com motor Diesel e com a qual promete – tal como no ano passado – voltar a lutar pelo título.

O piloto de Tomar tem tudo a postos para se imiscuir na luta «pelas vitórias em provas e pelo campeonato». «Sabemos das dificuldades que vamos enfrentar e do nível em que se encontram os nossos rivais, mas também estamos seguros das nossas capacidades e, portanto, preparámo-nos para ir à luta e com a firme vontade de lutar pela vitória que estreamos um novo carro na Baja TT ACP».

O nabantino, ex-campeão nacional de Ralis Iniciados e Ralis Grupo N (Consagrados) e vencedor de duas edições do Desafio Total Mazda no CPTT lidera uma das mais experientes duplas no TT Nacional, mas também uma equipa pela qual inscreve mais três carros, prova do bom trabalho realizado pela PRK Sport Rally Team nos últimos anos e da confiança que nela todos depositam.

Para Pedro Dias da Silva, esta segunda etapa do Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno será um excelente palco para a equipa revelar o seu potencial: «Trata-se de uma prova desconhecida para todos os pilotos e, portanto, poderá nivelar melhor as equipas. Paralelamente, queremos “mostrar serviço” depois dos percalços que nos afectaram em Beja. Assim, cabe-nos dar o nosso melhor, confiando nos carros e na equipa técnica que os suporta».

Além de Pedro Dias da Silva e José Janela (Ford EXR05, com o número 518), a PRK Sport Rally Team terá a representação das duplas Edgar Condenso e Nuno Silva (Ford Ranger EXR05 N.º 532), Micael Braun e Ivo Santos (Mitsubishi Proto N.º 527) e José Faria e Crisália Faria (Ford Puma Proto N.º 534).

Esta primeira edição da Baja TT ACP conta com um total de 379,76 quilómetros dos quais 242,12 km de especiais, divididas por duas etapas a disputar no sábado e Domingo. A prova arranca com a partida simbólica que terá lugar em Santo André na noite desta sexta-feira.

No sábado a etapa arranca pelas 8h55, sendo que as equipas terão pela frente um Prólogo de 4,4 km e dois Sectores Selectivos: Grândola (60,12 km) e Melides (41,49 km). A etapa de domingo arranca pelas 10h30, tendo os responsáveis do ACP reservado para este derradeiro dia o maior dos sectores, Santiago/Santo André, com 136,11 km. O final da Baja TT ACP está agendado para as 13h25.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: