Pedro Clarimundo “bate” Rui Madeira

Foi preciso chegar à quinta classificativa para o piloto de Almada “abrir a mão” e Pedro Clarimundo ganhar a especial em Livramento.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com) – Fotos – RUI REIS

Vencedor das quatro primeiras especiais e comandante incontestado da prova, Rui Madeira (Skoda Fabia R5) não vai somar triunfos em todas as classificativas, porque Pedro Clarimundo (Skoda Fabia R5), no Livamento, o suplantou por escassos 0,2”.

Quando faltam os 12,56 km do troço cronometrado dos Capuchos, Rui Madeira tem 33.6” de vantagem sobre Pedro Clarimundo e a vitória na mão, confirmando que, apesar da longa ausência da competição, não perdeu qualidades, tal como sucede com Pedro Clarimundo, que só participa nas Camélias.

Gil Antunes (Dacia Sandero R4) continua a adaptação ao novo carro e tem o derradeiro lugar do pódio, à frente de André Cabeças que, depois, de muitas discussões e de uma proibição, foi autorizado a correr com o carro que tinha adquirido.

Mas se na frente tudo parece decidido, a luta pelo quinto lugar vai ser intensa com os quatro interessados a entrarem para a derradeira classificativa separados por 10”.

CLASSIFICAÇÕES

4.ª PC – Codeçal (8,86 km) – 1.º, Rui Madeira/Nuno Rodrigues da Silva (Skoda Fabia R5), 5’42,6”; 2.º, Pedro Clarimundo/Mário Castro (Skoda Fabia R5), 5’52,5”; 3.º, Gil Antunes/Diogo Correia (Dacia Sandero R4), 6’00,2”; 4.º, João Rodrigues/Manuel Santos (Peugeot 106), 6’01,7”; 5.º, André Cabeças/Ilberino Santos (Mitsubishi Mirage Evo), 6’01,9”; 6.º, Pedro Lança/Paulo Marques (Citroen Saxo), 6’07,2”; 7.º, Eduardo Antunes/Hugo Bentes (Mitsubishi Lancer IV), 6’08,6”; 8.º, Gonçalo Boa Ventura/Rodrigo Silva (Peugeot 106 Rally S2), 6’09,6; 9.º, Diogo Mil-Homens/Pedro de Oliveira (Fiat Uno), 6’11,8”; 10.º, Tiago Magalhães/Tiago Carvalho (Kia Rio), 6’13,8”;

5.ª PC – Livramento (7,21 km) – 1.º, Pedro Clarimundo/Mário Castro (Skoda Fabia R5), 4’18,7”; 2.º, Rui Madeira/Nuno Rodrigues da Silva (Skoda Fabia 5), 4’18,9”; 3.º, Gil Antunes/Diogo Correia (Dacia Sandero R4), 4’26,5”; 4.º, João Rodrigues/Manuel Santos (Peugeot 106), 4’29,7”; 5.º, Eduardo Antunes/Hugo Bentes (Mitsubishi Lancer IV), 4’30,0”; 6.º, Gonçalo Boa Ventura/Rodrigo Silva (Peugeot 106 Rally S2), 4’34,3”;7.º, Pedro Lança/Paulo Marques (Citroen Saxo), a 4’34,4”; 8.º, Diogo Mil-Homens/Pedro de Oliveira (Fiat Uno), 4’37,4”; 9.º, André Cabeças/Ilberino Santos (Mitsubishi Mirage Evo), 4’37,9”; 10.º, Gonçalo Figueiroa/Miguel Duarte (Ford Escort MK II), 4’39,5”

Classificação geral após cinco especiais – 1.º, Rui Madeira/Nuno Rodrigues da Silva (Skoda Fabia R5), 29’39,2”; 2.º, Pedro Claimundo/Mário Castro (Skoda Fabia R5), a 33,6”; 3.º, Gil Antunes/Diogo Correia (Dacia Sandero R4), a 1.04,6”; 4.º, André Cabeças/Ilberino Santos (Mitsubishi Mirage Evo), a 1’57,9”; 5.º, João Rodrigues/Manuel Santos (Peugeot 106), a 2’22,5”; 6.º, Eduardo Antunes/Hugo Bentes (Mitsubishi Lancer IV), a 2’30,9”; 7.º, Pedro Lança/Paulo Marques (Citroen Saxo), a 2’31,0”; 8.º, Gonçalo Boa Ventura/Rodrigo Silva (Peugeot 106 Rally S2), a 2’31,2”; 9.º, Tiago Magalhães/Tiago Carvalho (Kia Rio), a 2’34,6”; 10.º, Diogo Mil-Homens/Pedro de Oliveira (Fiat Uno), 2’45,5”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *