“Panela de Escape Abarth” celebra 70 anos

Foi há 70 anos, no 32.º Salão do Automóvel de Turim, que a marca do Escorpião apresentava a “Panela de Escape Abarth”, a sua estreia nos sistemas de escape. Nasceu uma lenda. Em típico estilo Abarth, toda a comunidade participou nas comemorações com um flashmob virtual.

(auto.look2010@gmail.com)

A 4 de Maio de 1950, no 32.º Salão do Automóvel de Turim, Carlo Abarth apresentava a “Panela de Escape Abarth”, provavelmente o mais conhecido acessório dos célebres kits de preparação que deram fama mundial à marca do Escorpião. Actualmente, o conceito de performance do fundador – assumido como base de investigação e desenvolvimento para soluções inovadoras – pode ser observado também nos sofisticados sistemas de escape “Record Monza”, preparados para as mais recentes gerações dos modelos Abarth.

A Abarth celebrou este aniversário tão especial nas redes sociais, convidando a sua comunidade de fãs a participar num flashmob virtual.

Com uma chamada às armas tipicamente Abarth, a marca desafiou a sua comunidade a fazer-se ouvir: foi pedido aos utilizadores para carregarem uma Instagram Story a imitar, com a própria voz, o som do escape dos seus carros, marcando-a com o hashtag #TheRumbleLipChallenge. Basicamente, um desafio para genuínos “Abarthistas”.

Esta comunidade é um dos pilares da marca do Escorpião: há neste momento 83 clubes oficiais, quase o dobro em relação a 2016, enquanto o grupo “The Scorpionship”, activo na região EMEA há quatro anos, conta agora com mais de 114.000 subscritores. Este conjunto de fãs e entusiastas continua a apoiar a marca nestes tempos difíceis, mostrando que, mesmo à distância, conseguimos continuar unidos.

O ESCAPE ABARTH: DO TRIUNFO

DESPORTIVO AO SUCESSO COMERCIAL

Em 1949, Carlo Abarth fundou a Abarth & C., com a genial intuição de juntar às proezas nas pistas a atenção ao público em geral. Os resultados foram os kits de preparação que aumentavam a potência, a velocidade máxima e a aceleração de viaturas de produção em série.

Um dos elementos distintivos dos célebres kits de preparação era o sistema de escape, que viria a tornar-se um autêntico ícone do “estilo Abarth” ao longo dos anos. A estreia oficial realizou-se no Salão do Automóvel de Turim, a 4 de maio, e o sucesso foi imediato.

Os primeiros protótipos incluíam um sistema simples, mas inovador, que dava aos seus produtos uma clara vantagem em termos de prestações e um inconfundível som abafado e encorpado. Em poucos anos, a Abarth & C. tinha-se internacionalizado: em 1962, com 375 empregados, produziu 257.000 sistemas de escape, 65% dos quais para exportação.

O sucesso foi imediato e extraordinário. As primeiras 50 unidades produzidas destinavam-se ao Fiat “Topolino”. Podiam ser montados em muitos modelos Fiat – do 600 ao 1100, do 1400 ao 1500 –, mas o retumbante êxito chegou com o ícone da Fiat: o lendário 500. Carlo Abarth deixou-se conquistar, o que levou à criação do primeiro Fiat-Abarth 595 e ao início da sua série de vitórias em todo o tipo de pistas. Ao mesmo tempo, a marca lançou o famoso “Kit de preparação Abarth” para ser instalado no 500, que se tornou um objecto de desejo do público em geral.

O NOVO SISTEMA DE ESCAPE “RECORD MONZA” E O SEU INCONFUNDÍVEL SOM

Com o lançamento do novo Abarth 595, em 2008, a marca dá nova vida ao escape desportivo Abarth, reproduzindo o clássico som da marca do Escorpião. Em particular, a dupla ponteira de escape cromada recupera o design do sistema adoptado pela versão de competição 595 Assetto Corse, confirmando que as pistas são o laboratório ideal para testar soluções que um dia poderão vir a ser usadas em viaturas de estrada.

Seguindo esta mesma filosofia de design, a Abarth lança, em 2009, um kit denominado sistema de escape “Record Monza”. O nome é um claro tributo à velocidade alcançada por Carlo Abarth, em 1965, no histórico circuito italiano, onde, com a idade de 57 anos, bateu, o recorde de aceleração do quarto de milha.

O potente som resulta da perfeita associação da tecnologia Dual Mode, com quatro terminais de escape, a um agressivo design. Em pormenor, a tecnologia Dual Mode consiste na utilização de uma válvula de duas vias de comando mecânico, inserida a montante do terminal de escape, para aumentar a curva de contra-pressão do escape.

Em 2011, nasce o kit “Record Modena”, cuja principal característica é o som potente e agressivo produzido pelo sistema de escape de altas performances, baseado na mais avançada tecnologia e que inclui o sistema Dual Mode aliado a um cativante design desportivo. Podemos encontrar um som muito mais abafado e soturno no sistema de escape duplo Akrapovič, equipado com uma válvula electrónica activa que se acciona carregando no botão Sport.

O ano de 2018 marca a estreia do novo Abarth 595 e do seu sistema de escape “Record Monza Attivo”, cuja particularidade está na válvula activa comandada pelo botão Sport presente no tablie. Enquanto antes a abertura da válvula de escape se baseava na pressão dos gases de escape, a partir de agora o condutor pode agir directamente e escolher entre um som mais próprio de um gentleman driver ou um rugido mais sombrio e arrojado, tipicamente Abarth.

O resultado é um som potente e agressivo, perfeita combinação de tecnologia e design. O sistema de escape “Record Monza Attivo” está agora disponível, de série, nas versões 595 Competizione, 595 Pista e 695 70° Anniversario.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: