Pai de Verstappen deixa duras críticas à Red Bull

«O Max não foi ajudado pela estratégia escolhida, o que favoreceu totalmente o “Checo”». Max Verstappen terminou o GP do Mónaco no terceiro lugar, mas mantém a liderança do campeonato de Fórmula 1.

(auto.look2010@gmail.com)

O pai de Max Verstappen, Joe, deixou duras críticas à estratégia da equipa Red Bull para o Grande Prémio do Mónaco de Fórmula 1, no qual o piloto neerlandês ficou em terceiro lugar: «A Red Bull conseguiu um bom resultado, mas exerceu pouca influência para ajudar o Max a chegar à frente. Acabou em terceiro e isso deve-se ao erro da Ferrari na segunda paragem do Charles Leclerc. O Max não foi ajudado pela estratégia escolhida, o que favoreceu totalmente o “Checo” (Pérez)», considerou.

No entanto, Joe Verstappen referiu que o problema não esteve apenas na estratégia: «O carro ainda não tem caraterísticas que favoreçam o estilo de pilotagem dele. Tem pouca aderência na parte dianteira e, especialmente no Mónaco, com todas aquelas curvas estreitas é preciso um carro que vire muito rápido», lembrou o antigo piloto, num texto publicado no site oficial do filho.

Recorde-se que, apesar de ter ficado no último lugar do pódio, Max Verstappen mantém a liderança do Mundial, agora com 125 pontos, contra os 116 do monegasco Charles Leclerc (Ferrari), que foi quarto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.