Ott Tanak volta a vencer e Elfyn Evans recupera

A primeira passagem pelos 11,18 quilómetros de Fafe foi aproveitada pelo estónio Ott Tanak alcançar a segunda vitória consecutiva em especiais, pese embora todas as atenções estejam centradas no duelo entre Rovanpera e Evans, com este último a reaver 1,9 segundos na luta pelo triunfo à geral.

PEDRO RORIZ E CARLOS SOUSA (auto.look2010@gmail.com)

A primeira passagem pela especial de Fafe que, daqui a algum tempo, vai funcionar como “Power Stage”, atribuindo pontos aos cinco mais rápidos, permitiu às equipas perceberem as condições de aderência e visibilidade, porque a chuva e o nevoeiro marcam presença, quando regressarem àquele local.

Se o estónio Ott Tanak (Hyundai i20 N Rally1) averbou a segunda vitória em especiais, o inglês Elfyn Evans (Toyota GR Yaris Rally1) ganhou 1,9 segundos ao finlandês Kalle Rovampera (Toyota GR Yaris Rally1) e reduziu a desvantagem para 6,6 segundos, pelo que tudo continua em aberto.

Intenso continua o duelo pelo derradeiro lugar do pódio, com o japonês Takamoto Katsuta (Toyota GR Yaris Rally1) a ceder apenas 0,1” ao espanhol Dani Sordo (Hyundai i20 N Rally1) que viu a diferença entre os dois passar a ser de 0,8”, a duas classificativas do final da prova.

Desta feita, e contra o que tem sido habitual foi o polaco Kajetan Kajetanowicz (Skoda Fabia Rally2 Evo) a registar o melhor tempo, ao bater o finlandês Teemu Suninen (Hyundai i20 N Rally2) por 2,7”.

Armindo Araújo (Skoda Fabia Rally2 Evo) respondeu ao ataque de Ricardo Teodósio (Hyundai i20 N Rally2) e ganhou-lhe 2,4”, fazendo a vantagem subir para 16,1”, diferença que lhe deve permitir revalidar o título de “ melhor português”.

CLASSIFICAÇÕES

19.ª PC – FAFE 1 (11,18 KM) – 1.º, Ott Tanak/Martin Jarveoja (Hyundai i20 N Rally1), 6’32,3”; 2.º, Thierry Neuville/Martijn Wyndaeghe (Hyundai i20 N Rally1), 6’33,9”; 3.º, Elfyn Evans/Scott Martin (Toyota GR Yaris Rally1), 6’35,9”; 4.º, Dani Sordo/Candido Carrera (Hyundai i20 N Rally1), 6’36,6”; 5.º, Takamoto Katsuta/Aaron Johnston (Toyota GR Yaris Rally1), 6’36,7”; 6.º, Craig Breen/Paul Nagle (Ford Puma Rally1), 6’37,2”; 7.º, Kalle Rovampera/Jonne Halttunen (Toyota GR Yaris Rally1), 6’37,8”; 8.º, Sébastien Ogier/Benjamin Veillas (Toyota GR Yaris Rally1), 6’38,8”; 9.º, Gus Greensmith/Jonas Andersson (Ford Puma Rally1), 6’44,4”; 10.º, Adrien Fourmaux/Alexandre Coria (Ford Puma Rally1), 6’47,1”; …; 12.º, Katejan Kajetanowicz/Maciej Szczepaniak (Skoda Fabia Rally2 Evo), 7,09,8”; …; 15.º, Armindo Araújo/Luís Ramalho (Skoda Fabia Rally Evo), 7’31,3”;  16.º, Ricardo Teodósio/José Teixeira (Hyundai i20 N Rally2), 7’23,7”

GERAL APÓS 19 ESPECIAIS – 1.º, Kalle Rovampera/Jonne Halttunen (Toyota GR Yaris Rally1), 3.31’56,3”; 2.º, Elfyn Evans/Scott Martin (Toyota GR Yaris Rally1), a 6,6”; 3.º, Takamoto Katsuta/Aaron Johnston (Toyota GR Yaris Rally1), a 2’06,2”; 4.º, Dani Sordo/Candido Carrera (Hyundai i20 N Rally1), a 2’07,0”; 5.º, Thierry Neuville/Martijn Wyndaeghe (Hyundai i20 N Rally1), a 2’28,1”; 6.º, Craig Breen/Paul Nagle (Ford Puma Rally1), a 4’19,3”; 7.º, Ott Tanak/Martin Jarveoja (Hyundai i20 N Rally1), a 4’39,8”; 8.º, Pierre-Louis Loubet/Vincent Landais (Ford Puma Rally1), a 5’01,1”; 9.º, Adrien Fourmaux/Alexandre Coria (Ford Puma Rally1), a 7’41,1”; 10.º, Teemu Suninen/Mikko Markkula (Hyundai i20 N Rally2), a 11’36,2” (1.º RC2); …; 15.º, Armindo Araújo/Luís Ramalho (Skoda Fabia Rally Evo), a 20’14,8”; 16.º, Ricardo Teodósio/José Teixeira (Hyundai i20 N Rally2), a 20’39,1”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.