Ott Tanak resistiu aos ataques de Rovanpera…

O piloto estónio aguentou o ataque final do finlandês Kalle Rovenperä e confirmou a vitória no Rali da Finlândia, oitava prova do Campeonato do Mundo.

PEDRO RORIZ E CARLOS SOUSA (auto.look2010@gmail.com)

Aos comandos de um Hyundai i20 N Rally1, o estónio resistiu ao ataque do finlandês Kalle Rovanpera (Toyota GR Yaris Rally1) e juntou o triunfo na Finlândia ao alcançado na Sardenha, naquela que é a segunda vitória da marca sul-coreana esta temporada. Ott Tanak ascendeu ao segundo lugar do campeonato, a 94 pontos de Kalle Rovanpera, quando faltam cinco provas para a temporada terminar e há 150 pontos em jogo.

Como se previa, o duelo pela vitória foi intensa, com o estónio a ser mais rápido na primeira especial do dia. Os dois a empatarem na primeira passagem por aquela que seria a “Power Stage” e o finlandês a impor-se na segunda passagem pelas duas classificativas do dia, mas a ser batido por 6,8 segundos, depois de ter começado a derradeira fase da prova a 8,4” do piloto da Hyundai.

«Devo esta vitória à minha mulher, que me tem apoiado nestes tempos difíceis. Estou muito orgulhoso dela», frisou Ott Tänak, no final da prova, não escondendo a satisfação por lograr um triunfo apetitoso.

«Claro que foi um bom fim de semana. Gostaria de ter vencido em casa, mas se olharmos para a situação, acho que não estive nada mal, considerando que tive de abrir a estrada na sexta-feira», comentou Rovanperä, que dilatou ainda mais a vantagem na frente do Mundial.

O finlandês Esapekka Lappi (Toyota GR Yaris Rally1) limitou-se a confirmar o terceiro lugar à frente do inglês Elfyn Evans (Toyota GR Yaris Rally1) que, ao contrário do que aconteceu noutras provas, nunca esteve em condições de discutir a vitória.

Contudo, o percurso de Esapekka Lappi até chegar ao pódio não foi tão simples como era esperado, com menos um pára-brisas e com o teto da sua viatura bastante danificada.

O piloto finlandês viu uma pedra arremessada, e forma bizarra, pela sua própria viatura a embater numa árvore para, posteriormente, fazer ricochete e acertar diretamente no pára-brisa do Toyota GR Yaris Rally1, quebrando-o e ofuscando a visão.

Referência para o abandono do francês Pierre-Louis Loubet (Ford Puma Rally1), na “Power Stage”, quando era oitavo e para o facto dos finlandeses

Teemu Suninen (Hyundai i20 N Rally2) e Emil Lindholm (Skoda Fabia Rally2 Evo) voltarem a ocupar as duas primeiras posições entre os RC2, a exemplo do que sucedeu na Estónia, a prova anterior.

O abandono do francês permitiu ao finlandês Jari Huttunen (Ford Puma Rally1) fechar o lote dos 10 primeiros.

Ficha da prova

Prova – Secto Rally Finland

Data – 4/8 de Agosto

Organizador – AKK Sports

Estrutura – 1 427,47 km divididos por quatro etapas: Jyvaskyla – Jyvaskyla (7,17 km); Jyvaskyla – Jyvaskyla (528,01 km); Jyvaskyla – Jyvaskyla (626,70 km); Jyvaskyla – Jyvaskyla (265,95 km)

PC – 22 (1 + 9 + 8 + 4) previstas, 21 (1 + 8 + 8 + 4) cumpridas

Extensão das PC – 322,61 km (3,48 km + 124,91 km + 150,30 km + 43,92 km) regulamentados, 300,92 km (3,48 km + 103,22 km + 150,30 km + 43,92 km) percorridos

Percentagem das PC – 22,60 % idealizada, 21,08 % concretizada

Inscritos – 45 (12 RC1, 24 RC2, 5 RC3, 3 RC4, 1 RC5)

Participantes – 44 (12 RC1, 23 RC2, 5 RC3, 3 RC4, 1 RC5)

Classificados – 35 (10 RC1, 19 RC2, 4 RC3, 2 RC4)

Comandantes sucessivos

Absoluto – Thierry Neuville, na 1.ª PC; Ott Tanak, da 2.ª à 21.ª PC

RC1 – Thierry Neuville, na 1.ª PC; Ott Tanak, da 2.ª à 21.ª PC

RC2 – Mikolaj Marczyk, na 1.ª PC; Teemu Suninen, da 2.ª à 21.ª PC

RC3 – Lauri Joona, da 1.ª à 21.ª PC

RC4 – Justus Raikkonen, da 1.ª à 21.ª PC

RC5 – Vitalli Antonov, da 1.ª à 16.ª PC

Vencedores

Absoluto – Ott Tanak/Martin Jarveoja (Hyundai i20 N Rally1)

RC1 – Ott Tanak/Martin Jarveoja (Hyundai i20 N Rally1)

RC2 – Teemu Suninen/Mirko Markkula (Hyundai i20 N Rally2)

RC3 – Lauri Joona/Tuukka Shemeikka (Ford Fiesta Rally3)

RC4 – Justus Raikkonen/Mikael Korhonen (Peugeot 208 Rally4)

CLASSIFICAÇÃO

POS. EQUIPA CARRO TEMPO
1.º Ott Tanak/Martin Jarveoja Hyundai i20 N Rally1 2.24’04,6″
2.º Kalle Rovampera/Jonne Halttunen Toyota GR Yaris Rally1 a 6,8″
3.º Esapekka Lappi/Janne Ferm Toyota GR Yaris Rally1 a 1’20,7″
4.º Elfyn Evans/Scott Martin Toyota GR Yaris Rally1 a 1’37,6″
5.º Thierry Neuville/Martijn Wydaeghe Hyundai i20 N Rally1 a 2’18,0″
6.º Takamoto Katsuta/Aaron Johnston Toyota GR Yaris Rally1 a 3’09,0″
7.º Gus Greensmith/Jonas Andersson Ford Puma Rally1 a 3’57,0″
8.º Teemu Suninen/Mikko Markkula Hyundai i20 N Rally2 a 9’31,3″
9.º Emil Lindholm/Reeta Hamalainen Skoda Fabia Evo Rally2 a 9,39,0″
10.º Jari Huttunen/Mikko Lukka Ford Puma Rally1 a 10’31,6″

OS MAIS RÁPIDOS

1.º 2.º 3.º 4.º 5.º 6.º
Ott Tanak 8 9 2 2 0 0
Kalle Rovampera 8 4 3 3 1 1
Esapekka Lappi 4 4 2 6 2 1
Elfyn Evans 1 2 5 7 5 0
Thierry Neuville 1 1 4 1 5 4
Takamoto Katsuta 1 0 1 0 3 10
Craig Breen 0 1 2 1 4 0
Jari Huttunen 0 0 0 1 1 0
Gus Greensmith 0 0 0 1 0 0
Pierre-Louis Loubet 0 0 0 0 1 2
Adrien Fourmaux 0 0 0 0 1 0
             

CLASSIFICAÇÕES DOS CAMPEONATOS

PILOTOS – 1.º Kalle Rovampera, 198 pontos; 2.º, Ott Tanak, 104; 3.º, Thierry Neuville,103; 3.º, Elfyn Evans, 94; 5.º, Takamoto Katsuta, 81; 6.º, Craig Breen, 64; 7.º, Esapekka Lappi, 42; 8.º, Sébastien Loeb, 35; 9.º, Dani Sordo, 34; 10.º, Sébastien Ogier, 34; 11.º, Gus Greensmith, 34; 12.º, Andreas Mikkelsen,19; 13.º, Pierre-Louis Loubet, 18; 14.º, Oliver Solberg, 9; 15.º, Adrien Fourmaux, 9; 16.º, Yohan Rossel, 7; 17.º, Jourdan Serderidis, 6; 18.º, Kajetan Kajetanowicz, 6; 19.º, Nikolay Gryazin, 6; 20.º, Teemu Suninen, 6; 21.º, Emil Lindholm, 6; 22.º, Ole Christian Veiby, 4; 23.º, Jari Huttunen, 4; 24.º, Erik Cais, 2; 25.º, Jan Solans, 2; 26.º, Egon Kaur, 1

MARCAS – 1.º, Toyota Gazoo Racing World Rally Team, 339 pontos; 2.º, Hyundai Shell Mobis World Rally Team, 251; 3.º, M-Sport Ford World Rally Team, 157; 4.º, Toyota Gazoo Racing World Rally Team NG, 80

Próxima prova – Ardeca Ypres Rally Belgium, de 18 a 21 de Agosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.