Ott Tanak “rei e senhor” no Centro

A “super-especial espectáculo de Lousada, onde nada se decide, mas onde tudo pode ser perdido, presenciada por milhares de espectadores, fechou o primeiro dia da 53.ª edição do Vodafone Rally de Portugal dominado pela Toyota, que tem os seus três carros nas três primeiras posições.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Apesar de ser o segundo na estrada, o estónio Ott Tanak (Toyota Yaris WRC) não foi tão afectado pela situação, como se esperava e acabou por dominar o dia, tendo ascendido ao comando da prova, na primeira passagem por Arganil, onde o espanhol Dani Sordo (Hyundai i20 Coupé WRC), que estava no comando, e o francês Sébastien Loeb (Hyundai i20 Coupé WRC) tiveram problemas com a bomba de gasolina, perderam mais de 10 minutos na especial e penalizaram sete minutos (1’10”) o francês e 10 minutos (1’40”) o espanhol, ficando relegados para o fundo da tabela, tendo como consequência de abrir a estrada amanhã.

Indiferente aos problemas dos seus adversários, Ott Tanak foi ganhando terreno e termina o dia com 17,3” de avanço sobre o finlandês Jari-Matti Latvala (Toyota Yaris WRC) e 22,8” sobre o inglês Kris Meeke (Toyota Yaris WRC), restando saber se Tommi Makinen vai deixar os seus pilotos em “roda livre” ou se opta por impor “ordem” para garantir um pódio nipónico.

Após um intenso duelo com o francês Sébastien Ogier (Citroen C3 WRC), com constantes trocas de posição, o belga Theirry Neuville (Hyundai i20 Coupé WRC), que foi o mais rápido em Lousada, terminou o dia no quarto lugar, a 1,4” de Kris Meeke e com uma vantagem de 1,6” sobre o francês, o que deixa os quatro perseguidores de Ott Tanak separados por 8,5”. Por isso é de esperar uma intensa luta amanhã, na etapa mais extensa da prova.

Quando estava na luta com os “Toyota boys” por um lugar no pódio, o finlandês Teemu Suninen (Ford Fiesta WRC) ficou sem travões, em Arganil 2, perdeu tempo e viu-se relegado para o sexto lugar, já a quase um minuto de Sébastien Ogier.

Entre os RC2, o norueguês Ole Christian Veiby (VW Polo GTi R5) termina o dia na frente, com 4,1” de vantagem sobre o checo Jan Kopecky (Skoda Fabia R5 Evo) e 8,9” sobre o finlandês Kalle Rovampera (Skoda Fabia R5 Evo), pelo que também aqui é de esperar um duelo intenso pelo triunfo.

ARMINDO ARAÚJO LIDERA “ARMADA” LUSITANA

Em termos de Campeonato de Portugal, que termina amanhã na primeira passagem por Amarante, domínio de Armindo Araújo (Hyundai i20 NG R5), o mais rápido dos portugueses em seis das sete especiais, só foi batido, por Ricardo Teodósio (Skoda Fabia R5), na segunda passagem por Góis, e tem 54,1” de avanço sobre o piloto da Skoda, que comanda o campeonato, margem que parece suficiente para arrecadar a vitória entre os envolvidos no campeonato.

Pelo caminho, na segunda passagem por Arganil, ficou Pedro Meireles (VW Polo GTi R5), que viu o carro arder, enquanto José Pedro Fontes (Citroen C3 R5) teve problemas com a electrónica que o atrasaram e Bruno Magalhães (Hyundai i20 Coupé WRC) completa o pódio nacional, que parece estar definido, por enquanto.

Depois de uma preparação meticulosa na qual aliava uma forte e determinada vontade de lutar pelo triunfo no evento desportivo mais importante que anualmente se realiza em Portugal, Miguel Barbosa, aos comandos de um Skoda Fabia R5 inscrito pelo BP Ultimate Vodafone Skoda Team e tendo a seu lado Jorge Carvalho, foi forçado a abandonar.

Um braço de suspensão partido ao km 10 da especial da Lousã com que arrancou a jornada portuguesa do mundial de ralis, impediu o actual terceiro classificado do Campeonato de Portugal de Ralis de confirmar o excelente andamento que tem evidenciado nas provas já disputadas esta temporada.

A ETAPA DESTE SÁBADO

Amanhã, os concorrentes têm de enfrentar a tirada mais extensa, com os mais de 160 km de provas de classificação distribuídos por três especiais, todas feitas por duas vezes: Vieira do Minho (20,53 km – 8.08 e 15.08), que começa quatro quilómetros mais cedo, Cabeceiras de Basto (22,22 km – 9.01 e 16.01) e Amarante (37,60 km – 10,17 e 17.17), a classificativa mais extensa da prova, estas duas sem alteração.

TEMPOS

7.ª PC – LOUSADA (3,36 KM) – 1.º, Thierry Neuville/Nicolas Gilsoul (Hyundai i20 Coupé WRC), 2’35,5”; 2.º, Sébastien Ogier/Julien Ingrassia (Citroen C3 WRC), 2’36,4”; 3.º, Ott Tanak/Martin Jarveoja (Toyota Yaris), 2’36,6”; 4.º, Esapekka Lappi/Janne Ferm (Citroen C3 WRC), 2’36,9”; 5.º, Kris Meeke/Sebastian Marshall (Toyota Yaris WRC), 2’38,6”; 6.º, Elfyn Evans/Scott Martin (Ford Fiesta WRC), 2’38,6”; 7.º, Jari-Matti Latvala/Mikka Antilla (Toyota Yaris WRC), 2’38,7”; 8.º, Gus Greensmith/Elliott Edmondson (Ford Fiesta WRC), 2’39,2”; 9.º, Sébastien Loeb/Daniel Elena (Hyundai i20 Coupé WRC), 2’41,5”; 10.º, Takamoto Katsuta/Daniel Barritt (Ford Fiesta R5), 2’41,6” (1.º RC2); …; 18.º, Armindo Araújo/Luís Ramalho (Hyundai i20 NG R5), 2’43,1”; …; 22.º, José Pedro Fontes/Carlos Magalhães (Citroen C3 R5), 2’43,5”; 23.º, Diogo Salvi/Paulo Babo (Skoda Fabia R5), 2’43,7”; 24.º, Ricardo Teodósio/José Teixeira (Skoda Fabia R5), 2’43,8”; 24.º, Bruno Magalhães/Hugo Magalhães (Hyundai i20 NG R5), 2.43,8”.

GERAL APÓS A 1.ª ETAPA – 1.º, Ott Tanak/Martin Jarveoja (Toyota Yaris WRC), 1.03’26,7”; 2.º, Jari-Matti Latvala/Mikka Antilla (Toyota Yaris WRC), a 17,3”; 3.º, Kris Meeke/Sebastian Marshall (Toyota Yaris WRC), a 22,8”; 4.º, Thierry Neuville/Nicolas Gilsoul (Hyundai i20 Coupé WRC), a 24,2”; 5.º, Sébastien Ogier/Julien Ingrassia (Citroen C3 WRC), a 25,8”; 6.º, Teemu Suninen/Marko Salminen (Ford Fiesta WRC), a 1’15,7”; 7.º, Gus Greensmith/Elliott Edmondson (Ford Fiesta WRC), a 1’22,1”; 8.º, Esapeka Lappi/Janne Ferm (Citroen C3 WRC), a 1’23,7”; 9.º, Ole Christian Veiby/Jonas Andersson (VW Polo GTi R5), a 3’45,3” (1.º, RC2); 10.º, Jan Kopecky/Pavel Dresler (Skoda Fabia R5 EVO), a 3’49,3”; …; 22.º, Armindo Araújo/Luís Ramalho (Hyundai i20 NG R5), 5’45,6”; …; 24.º, Ricardo Teodósio/José Teixeira (Skoda Fabia R5), a 6’35,7”; 25.º, Bruno Magalhães/Hugo Magalhães (Hyundai i20 NG R5), a 7’34,5”; …; 27.º, José Pedro Fontes/Carlos Magalhães (Citroen C3 R5), a 9’15,9”; …; 29.º, Diogo Salvi/Paulo Babo (Skoda Fabia R5), 15’35,6’’.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação