Ott Tanak de vento em popa na Sardenha

Piloto estónio arrebatou a liderança ao espanhol Dani Sordo na última especial da manhã, com o finlandês Teemu Suninen a ocupar o terceiro lugar do pódio, à frente do seu colega de equipa, o inglês Elfyn Evans.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Mais rápido na primeira passagem pelas três especiais do dia, o estónio Ott Tanak (Toyota Yaris WRC) ascendeu ao comando do Rally Italia Sardegna na derradeira classificativa, depois de ter, pouco a pouco reduzido a desvantagem de 10,8”, para o espanhol Dani Sordo (Hyundai i20 Coupé WRC), numa vantagem de 6,4” sobre o piloto da marca sul-coreana.

O finlandês Teemu Suninen (Ford Fiesta WRC) ocupa o terceiro lugar do pódio, à frente do seu colega de equipa, o inglês Elfyn Evans (Ford Fiesta WRC), com a marca da oval a ser aquele que tem, para já, o melhor resultado de conjunto.

A prova italiana continua a ser madrasta para o francês Sébastien Ogier (Citroen C3 WRC), que, hoje, foi o terceiro a sair para a estrada, mas que optou por penalizar, à entrada da segunda especial, para ficar numa posição mais favorável, mas danificou a suspensão traseira esquerda, num “toque” numa pedra, o que o fez “arrastar-se” até ao final da especial e na prova de classificação seguinte, com o objectivo de chegar ao Parque de Assistência, reparar os estragos e regressar à tarde «para testar novas soluções, porque o resultado já não interessa», como referiu o piloto.

Manhã difícil, também, para o belga Thierry Neuville (Hyundai i20 Coupé WRC) que tem vindo a perder tempo para os mais rápidos e é sétimo, o que deixa Ott Tanak no comando do campeonato, com o estónio a não precisar de vencer a prova para ascender a essa posição.

Nos RC2, o finlandês Kalle Rovampera (Skoda Fabia R5 Evo) conseguiu, finalmente, na última classificativa da manhã, ultrapassar o francês Pierre-Louis Loubet (Skoda Fabia R5) que, com um carro da geração anterior, comandou a maior parte do dia de abertura e manteve a posição ao longo da maior parte da manhã.

Esta tarde cumpre-se a segunda volta pelas três especiais do dia.

CLASSIFICAÇÃO APÓS A 12.ª ESPECIAL – 1.º, Ott Tanak/Martin Jarveoja (Toyota Yaris WRC), 2.20’39,9”; 2.º, Dani Sordo/Carlos Del Barrio (Hyundai i20 Coupé WRC), a 6,4”; 3.º, Teemu Suninen/Jarmo Lehtinen (Ford Fiesta WRC), a 27,1”; 4.º, Elfyn Evans/Scott Martin (Ford Fiesta WRC), a 55,0”; 5.º, Andreas Mikkelsen/Anders Jaeger (Hyundai i20 Coupé WRC), a 57,6”; 6.º, Kris Meeke/Sebastian Marshall (Toyota Yaris WRC), a 1’08,4”; 7.º, Thierry Neuville/Nicolas Gilsoul (Hyundai i20 Coupé WRC), a 2’00,3”; 8.º, Esapekka Lappi/Janne Ferm (Citroen C3 WRC), a 2’20,4”; 9.º, Kalle Rovampera/Jonne Halttunen (Skoda Fabia R5 Evo), a 5’06,2” (1.º RC2); 10.º, Pierre-Louis Loubet/Vincent Landais (Skoda Fabia R5), a 5’17,0”.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação