Ott Tanak conduz Yaris ao triunfo na Suécia

O estónio Ott Tanak (Toyota Yaris WRC) limitou-se a gerir o andamento no derradeiro dia do Rali de Suécia, segunda prova do “Mundial” da especialidade, para alcançar a sétima vitória no campeonato, 51.ª da marca japonesa.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Martin Jarveoja e Ott Tanak festejam triunfo no Rali da Suécia

Para que não houvesse dúvidas quanto à justiça do seu triunfo, desenhado desde a nona especial, numa altura em que ascendeu ao comando para não mais o perder, Ott Tanak, mesmo sem precisar, deu-se ao luxo de vencer a “Power Stage” (8,93 km). O estónio bateu o belga Thierry Neuville (Hyundai i20 Coupé WRC) por 3,5 segundos, o que lhe permitiu somar mais cinco pontos e ascender ao comando do campeonato com sete pontos de avanço sobre o belga, que completou o pódio atrás do finlandês Esapekka Lappi (Citroën C3 WRC), que foi o melhor dos homens da marca francesa.

 

 

Ott Tanak e Martin Jarveoja em Toyota Yaris WRC

Consciente do atraso, provocado pela desistência no segundo dia, o francês Sébastien Ogier (Citroën C3 WRC) manteve-se em prova, com o objectivo de pontuar na “Power Stage”, o que conseguiu, mas o facto de não ter ido além do quarto tempo, atrás ainda do inglês Elfyn Evans (Ford Fiesta WRC), fê-lo somar escassos dois pontos, o que o coloca em terceiro do campeonato a 16 pontos do novo comandante.

No derradeiro dia da prova, os homens da frente mantiveram as posições, com excepção do norueguês Andreas Mikkelsen (Hyundai i20 Coupé WRC) que, tendo partido para os últimos três troços empatado com Esapekka Lappi, desceu para quarto, para permitir a Thierry Neuville completar o pódio, que teve três carros de marcas diferentes.

Esapekka Lappi e Janne Ferm em Citroën C3 WRC

Entre os RC2, o norueguês Ole Christian Veiby (VW Polo GTi R5) acabou por ter um final de prova tranquilo, em consequência do abandono do finlandês Jari Huttunen (Skoda Fabia R5), na penúltima classificativa, o que permitiu ao norueguês Mads Ostberg (Citroën C3 R5) e ao finlandês Emil Lindstrom (VW Polo GTi R5) completarem o pódio da categoria, com os carros da marca alemã a mostrarem que só uma ameaça séria para o Ford Fiesta e Skoda Fabia que têm dominado o agrupamento.

 

 

FICHA DA PROVA

Rali – Suécia

Data – 15/18 de Fevereiro

Organizador – Svenska Rallyt AB

Estrutura – 1 466,63 km divididos por quatro etapas: Karlstad – Torsby (104,23 km); Torsby – Torsby (548,10 km); Torsby – Torsby (611,09 km); Torsby – Torsby (203,21 km)

PC – 19 (1 + 7 + 8 + 3)

Extensão das PC – 319,17 km (1,90 km + 138,78 km + 126,55 km + 51,94 km)

Percentagem das PC – 21,76 %

Inscritos – 62 (14 RC1, 30 RC2, 15 RC4, 3 ASN)

Participantes – 61 (14 RC1, 29 RC2, 15 RC4, 3 ASN)

Classificados – 55 (14 RC1, 24 RC2, 15 RC4, 2 ASN)

COMANDANTES SUCESSIVOS

Absoluto – Thierry Neuville, na 1.ª PC; Ott Tanak, da 2.ª à 4.ª OC; Jari-Matti Latvala, na 5.ª PC; Teemu Suninen, da 6.ª à 8.ª PC; Ott Tanak, da 9.ª à 19.ª PC

RC1 – Thierry Neuville, na 1.ª PC; Ott Tanak, da 2.ª à 4.ª OC; Jari-Matti Latvala, na 5.ª PC; Teemu Suninen, da 6.ª à 8.ª PC; Ott Tanak, da 9.ª à 19.ª PC

RC2 – Eerik Pietarinen, na 1.ª PC; Kalle Rovampera, na 2.ª PC; Olé Christian Veiby, da 3.ª à 19.ª

RC4 – Denis Radstrom, na 1.ª PC; Martins Sesks, na 2.ª e 3.ª PC; Tom Kristensen, na 4.ª e 5.ª PC; Dennis Radstrom, da 6.ª à 12.ª PC; Tom Kristensen, da 13.ª à 19.ª PC

ASN – Andres Karlsson, na 1.ª e 2.ª PC; Daniel Dahlstrom, na 3.ª e 4.ª PC; Anders Karlsson, da 5.ª à 19.ª PC

VENCEDORES

Absoluto – Ott Tanak/Martin Jarveoja (Toyota Yaris WRC)

RC1 – Ott Tanak/Martin Jarveoja (Toyota Yaris WRC)

RC2 – Olé Christian Veiby/Jonas Andersson (VW POlo GTi R5)

RC4 – Tom Kristensson/Henrik Appelskog (Ford Fiesta R2T)

ASN – Anders Karlsson/Bjorn Nilsson (Mitsubishi Mirage)

CLASSIFICAÇÃO

POS. EQUIPA CARRO TEMPO
1.º Ott Tanak/Martin Jarveoja Toyota Yaris WRC 2.47’30,0″
2.º Esapekka Lappi/Janne Ferm Citroen C3 WRC a 53,7″
3.º Thierry Neuville/Nicolas Gilsoul Hyundai i20 Coupé WRC a 56,7″
4.º Andreas Mikkelsen/Anders Jaeger Hyundai i20 Coupé WRC a 1’05,4″
5.º Elfyn Evans/Scott Martin Ford Fiesta WRC a 1’08,2″
6.º Kris Meeke/Sebastia  Marshall Toyota Yaris WRC a 1’38,8″
7.º Sébastien Loeb/Daniel Elena Hyundai i20 Coupé WRC a 1’49,7″
8.º Pontus Tidemand/Ola Floene Ford Fiesta WRC a 3’37,7″
9.º Ole Christian Veiby/Jonas Andersson VW Polo GTi R5 a 6’34,0″
10.º Janne Tuohino/Mikko Markkula Ford Fiesta WRC a 8.21,4″

OS MAIS RÁPIDOS

1.º 2.º 3.º 4.º 5.º 6.º
Ott Tanak 6 3 1 1 2 3
Sébastien Ogier 3 2 2 2 2 0
Elfyn Evans 3 0 3 2 0 1
Thierry Neuville 2 4 2 3 2 2
Jari-Matti Latvala 2 3 1 1 2 1
Teemu Suninen 2 1 3 2 1 3
Jari Huttunen 1 0 0 1 1 0
Esapekka Lappi 0 5 2 2 2 3
Sébastien Loeb 0 2 0 1 1 2
Andreas Mikkelsen 0 0 3 2 2 1
Kris Meeke 0 0 1 2 2 2
Pontus Tidemand 0 0 0 1 0 0
Mads Ostberg 0 0 0 0 1 0
Kalle Rovampera 0 0 0 0 0 1

CLASSIFICAÇÕES DOS “MUNDIAIS”, DEPOIS DA PROVA SUECA

PILOTOS – 1.º, Ott Tanak, 47 pontos; 2.º, Thierry Neuville, 40; 3.º, Sébastien Ogier, 31; 4.º, Kris Meeke, 21; 5.º, Esapekka Lappi, 19; 6.º, Sébastien Loeb, 18; 7.º, Elfyn Evans, 13; 8.º, Andreas Mikkelsen, 12; 9.º, Jari-Matti Latvala, 10; 10.º, Gus Greensmith, 6; 11.º, Yoann Bonato, Pontus Tidemand, 4; 13.º, Stéphane Sarrazin, Ole Christian Veiby, 2; 15.º, Adrien Fourmaux, Teemu Suninen, Janne Tuohino, 1

MARCAS – 1.º, Toyota Gazoo Racing WRT, 58 pontos; 2º., Hyundai Shell Mobis WRT, 57; 3.º, Citroen Total WRT, 47; 4.º, M-Sport Ford WRT, 30

Próxima prova – Rali Guanajuato México, de 7 a 10 de Março.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *