Ott Tanak à beira do título

Aos comandos de um Toyota Yaris WRC, o piloto estónio foi o mais rápido no Rali da Grã-Bretanha, 12.ª prova do Mundial, e ficou mais perto de conquistar o seu primeiro título, quando faltam apenas duas provas para o final do campeonato.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Ao garantir no Rali País de Gales a sexta vitória da temporada, em 12 provas, o estónio Ott Tanak (Toyota Yaris WRC) deu um importante passo para o título, bastando-lhe dois terceiros lugares, em Espanha e na Austrália, mesmo que o francês Sébastien Ogier (Citroen C3 WRC) vença as duas provas e assegure o máximo de pontos na “Power Stage”, para suceder ao seu adversário na lista dos campeões.

No derradeiro dia da competição inglesa, marcado pela anulação da especial mais curta (4,74 km), por questões de segurança, o estónio deu tudo para assegurar o triunfo, ao ser o mais rápido em duas delas, uma delas a “Power Stage”, o que lhe permite entrar para as duas últimas provas da época, com 28 pontos de avanço sobre o seu mais directo perseguidor.

Ao longo da prova, Sébastien Ogier nunca deu a sensação de poder entrar na discussão da vitória e teve de contentar-se com o derradeiro lugar do pódio, vendo Ott Tanak suplanta-lo na “Power Stage”, o que o coloca numa situação complicada para o que falta.

O belga Thierry Neuville (Hyundai i20 Coupé WRC) ficou no lugar intermédio do pódio, mas os 41 pontos de atraso para o piloto da Toyota fazem com que o sonho do título pouco mais seja que uma miragem, pois precisava que as circunstâncias jogassem a seu favor para o alcançar.

Destaque para a excelente prova do inglês Elfyn Evans (Ford Fiesta WRC) que, a “jogar em casa”, foi quinto atrás do seu compatriota Kris Meeke (Toyota Yaris WRC), que comandou a prova na fase inicial, mas sem uma saída de estrada podia estar na discussão da vitória, como o demonstra o facto de ter vencido tantas especiais (7) como Ott Tanak.

O finlandês Kalle Rovampera (Skoda Fabia R5 Evo) somou mais um triunfo entre os RC2, desta vez à frente do norueguês Petter Solberg (VW Polo GTi R5) que teve uma excelente actuação neste regresso esporádico às provas de estrada, ele que foi o campeão do Mundo em 2003, o último antes do domínio francês que data de 2004, com nove títulos para Sébastien Loeb e seis para Sébastien Ogier.

 

 

FICHA DA PROVA

Prova – Wales Rally GB

Data – 3/6 de Outubro

Organizador – Motorsport UK

Estrutura – 1 641,03 km divididos por quatro etapas: Liverpool – Llandudno (176,36 km); Llandudno – Llandudno (619,31 km); Llandudno – Llandudno (574,33 km); Llandudno  Llandundo (271,03 km)

PC – 22 (1 + 9 + 7 + 5) previstas, 12 (1 + 9 + 7 + 4) cumpridas

Extensão das PC – 313,57 km (3,58 km + 120,33 km + 151,24 km + 38,42 km) regulamentados, 308,83 km (3,58 km + 120,33 km + 151,24 km + 33,68 km) percorridos

Percentagem das PC – 19,10 % idealizada, 18,81 % concretizada

Inscritos – 59 (11 RC1, 28 RC2, 20 RC4)

Participantes – 53 (11 RC1, 25 RC2, 17 RC4)

Classificados – 47 (9 RC1, 23 RC2, 15 RC4)

COMANDANTES SUCESSIVOS

Absoluto – Kris Meeke, da 1.ª à 9.ª PC; Ott Tanak, da 10.ª à 22.ª PC

RC1 – Kris Meeke, da 1.ª à 9.ª PC; Ott Tanak, da 10.ª à 22.ª PC

RC2 – Petter Solberg, na 1.ª PC; Kalle Rovampera, da 2.ª à 8.ª PC; Jan Kopecky, na 9.ª e 10.ª PC; Kalle Rovampera, da 11.ª à 22.ª PC

RC4 – Dennis Radstrom, na 1.ª e 2.ª PC; Jan Solans, da 2.ª à 5.ª PC; Tom Kristensson, da 6.ª à 8.ª PC; Jan Solans, da 9.ª à 22.ª PC

VENCEDORES

Absoluto – Ott Tanak/Martin Jarveoja (Toyota Yaris WRC)

RC1 – Ott Tanak/Martin Jarveoja (Toyota Yaris WRC)

RC2 – Kalle Rovampera/Jonne Halttunen (Skoda Fabia R5 Evo)

RC4 – Jan Solans/Mauro Barreiro (Ford Fiesta R2)

CLASSIFICAÇÃO

POS EQUIPA CARRO TEMPO
1.º Ott Tanak/Martin Jarveoja Ford Fiesta WRC 3.00’58,0″
2.º Thierry Neuville/Nicolas Gilsoul Hyundai i20 Coupé WRC a 10,9″
3.º Sébastien Ogier/Julien Ingrassia Ford Fiesta WRC a 23,8″
4.º Kris Meeke/Sebastian  Marshall Toyota Yaris WRC a 35,6″
5.º Elfyn Evans/Daniel Barritt Ford Fiesta WRC a 48,6″
6.º Andreas Mikkelsen/Anders Jaeger Hyundai i20 Coupé WRC a 58,2″
7.º Pontus Tidemand/Ola Floene Ford Fiesta WRC a 5’23,8″
8.º Craig Breen/Paul Nagel Hyundai i20 Coupé WRC a 9’25,0″
9.º Kalle Rovampera/Jonne Halttunen Skoda Fabia R5 Evo a 10’51,1″
10.º Petter Solberg/Phil Mills VW Polo GTi R5 a 11’36,1″

OS MAIS RÁPIDOS

1.º 2.º 3.º 4.º 5.º 6.º
Ott Tanak 7 5 3 0 3 1
Elfyn Evans 7 1 3 4 1 0
Thierry Neuville 3 6 5 3 2 0
Sébastien Ogier 2 1 6 2 2 5
Andreas Mikkelsen 1 2 0 4 3 3
Jari-Matti Latvala 1 2 0 0 0 0
Kris Meeke 1 1 2 3 4 3
Esapekka Lappi 0 1 2 1 1 3
Teemu Suninen 0 1 0 1 0 2
Craig Breen 0 0 1 4 2 3
Petter Solberg 0 0 1 0 0 0
Pontus Tidemand 0 0 0 0 0 1

CLASSIFICAÇÕES DOS “MUNDIAIS”

PILOTOS – 1.º, Ott Tanak, 240 pontos; 2.º, Sébastien Ogier, 212; 3.º, Thierry Neuville, 199; 4.º, Andreas Mikkelsen, 102; 5.º, Kris Meeke, 98; 6.º, Jari-Matti Latvala, 84; 7.º, Teemu Suninen, 83; 8.º, Esapekka Lappi, 83; 9.º, Elfyn Evans, 78; 10.º, Dani Sordo, 72; 11.º, Sébastien Loeb, 39; 12.º, Kalle Rovampera, 18; 13.º, Pontus Tidemand, 12; 14.º, Craig Breen 10; 15.º, Gus Greensmith, 9; 16.º, Benito Guerra 8; 17.º, Marco Bulacia Wilkinson, 6; 18.º, Jan Kopecky, 5; 19.º, Yoann Bonato, e Mads Ostberg, 4; 21.º, Stéphane Sarrazin, Ole Christian Veiby e Pierre-Louis Loubet, 2; 24.º, Adrien Fourmaux, Ricardo Triviño, Janne Tuohino, Pedro Heller, Emil Bergkvist, Nikolay Gryazin, Takamoto Katsuta, Petter Solberg, 1

MARCAS – 1.º, Hyundai Shell Mobis WRT, 340 pontos; 2.º, Toyota Gazoo Racing WRT, 332; 3.º, Citroen Total WRT, 278; 4.º, M-Sport Ford WRT, 200

PROXIMA PROVA – RallyRACC Catalunya – Costa Daurada, de 24 a 27 de Outubro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: