Oito corridas e oito vencedores diferentes

Gilles Magnus e Santiago Urrutia inscreveram os seus nomes na lista de vencedores do WTCR, ao venceram as duas corridas agendadas para este domingo na Hungria. Já Tiago Monteiro terminou no 10.º e 11.º lugar.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Gilles Magnus

O Hungaroring fechou a primeira parte da temporada do WTCR, com o belga Gilles Magnus (Audi RS3 LMS) e o uruguaio Salvador Urrutia (Lynk & Co 03) a vencerem as duas corridas efectuadas no traçado magiar. Os dois pilotos juntam-se ao lote de vencedores que integra oito pilotos, já que ainda ninguém conseguiu alcançar a segunda vitória do ano.

As corridas tiveram histórias semelhantes, com os vencedores a comandarem do primeiro ao último metro, com o belga a tirar partido de largar da “pole position” para a primeira corrida, por ter sido 10.º na qualificação. Já o uruguaio aproveitou a ausência do inglês Robert Huff (Cupra Leon), o mais rápido na qualificação, para garantir a primeira posição da grelha para a segunda corrida.

Contudo, Salvador Urrutia foi obrigado a largar da via das “boxes” por ter partido a suspensão dianteira esquerda na primeira corrida e a equipa não ter tido tempo para reparar os estragos no intervalo entre as duas corridas.

Salvador Urrutia

Com Gilles Magnus a beneficiar da prestação do seu compatriota Frédéric Vervisch (Audi RS3 LMS) que funcionou de “guarda-costas”, já Salvador Urrutia tirou partido do facto do húngaro Norbert Michelisz (Hyundai Elantra), que corria “em casa” e que largou atrás de si, ter sido “tocado” na primeira curva, o que o relegou para o fundo pelotão, dando espaço ao uruguaio para controlar a corrida.

Graças ao terceiro e quinto lugar alcançados, no primeiro caso depois de uma ultrapassagem “mais musculada” a Frédéric Vervisch, o francês Yann Ehrlacher (lynk & Co 03), campeão em título, regressou ao comando do campeonato, com dois pontos de avanço sobre o uruguaio.

O português Tiago Monteiro (Honda Civic), que saiu de 13.º para as duas corridas, terminou em 10.º e 11.º e caiu para o 12.º lugar do campeonato.

CLASSIFICAÇÕES

CORRIDA 1 – 1.º, Gilles Magnus (Audi RS3 LMS), 14 voltas (61,334 km), em 30’41,529” (138,4 km/h); 2.º Mikel Azcona (Cupra Leon), a 2,127”; 3.º, Yann Ehrlacher (Lynk & Co 03), a 2,682”; 4.º. Frédéric Vervisch (Audi RS3 LMS), a 3’628”; 5.º, Thed Bjork (Lynk & Co 03), a 3,866”; 6.º, Norbert Michelisz (Hyundai Elantra), a 4,140”; 7.º, Santiago Urrutia (Lynk & Co 03), a 4,791”; 8.º, Esteban Guerrieri (Honda Civic), a 6,181”; 9.º, Nestor Girolami (Honda Civic), a 6,613#; 10.º, Tiago Monteiro (Honda Civic), a 7,255”. Classificaram-se mais 11 pilotos.

CORRIDA 2 – 1.º, Santiago Urrutia (Lynk & Co 03), 15 voltas 65,715 km), em 28’53,853 (138,2 km/h)”; 2.º, Nestor Girolami (Honda Civic), a 1,245”; 3.º. Frédéric Vervisch (Audi RS3 LMS), a 2.328”; 4.º Mikel Azcona (Cupra Leon), a 3,387”; 5.º, Yann Ehrlacher (Lynk & Co 03), a 4,616”; 6.º, Yvan Muller (Lynk & Co 03), a 8’503”; 7.º, Thed Bjork (Lynk & Co 03), a 10,050”; 8.º, Esteban Guerrieri (Honda Civic), a 12,707”; 9.º, Gilles Magnus (Audi RS3 LMS), a 13,825”; 10.º, Atilla Tassi (Honda Civic), a 16,248”; 11.º, Tiago Monteiro (Honda Civic), a 17,187”. Classificaram-se mais 10 pilotos.

CAMPEONATOS

PILOTOS – 1.º, Yann Ehrlacher, 103 pontos; 2.º, Santiago Urrutia, 101; 3.º, Jean-Karl Verney, 87; 4.º, Gilles Magnus, 84; 5.º, Frédéric Vervisch, 82; 6.º, Yvan Muller, 78; 7.º, Thed Bjork, 73; 8.º, Miguel Azcona, 72; 9.º, Esteban Guerrieri, 72; 10.º, Nestor Girolami, 67; …; 12.º, Tiago Monteiro, 65. Estão classificados mais 10 pilotos.

EQUIPAS – 1.º, Cyan Racing Lynk & Co, 181 pontos; 2.º Cyan Performance Lynk & Co, 174; 3.º, Comtoyou Team Audi Sport, 168; 4.º, ALL-INKL.COM Muennich Motorsport, 139; 5.º, Engstler Hyundai N Liqui Molly Racing Team, 132; 6.º, ALL-INKL.DE Muennich Motorsport, 131; 7.º, BRC Hyundai N Lukoil Squadra Corse, 117; 8.º, Zengo Motorsport Services KFT, 99; 9.º, Comtoyou DHL Team Audi Sport, 89; 10.º, Zengo Motorsport Driver’s Academy, 8; 11.º, Target srl, 3

Próxima prova – Circuito de Most (República Checa), dia 10 de Outubro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *