Nuno Rocha subiu de novo ao pódio nos Veteranos

Na escada, a subida faz-se degrau a degrau e, no Enduro Sprint, o cume é feito com alma, determinação e muita cabeça. O piloto autolook.pt desfez qualquer dúvida e subiu até ao degrau intermédio do pódio na categoria de Veteranos na prova do SC Povoense.

CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt) – Fotos: JOÃO DA FRANCA

A terceira edição do Enduro Sprint Marquês de Marialva teve o condão de reunir uma “avalanche” de pilotos e equipa que, depois de concentrados no Parque de Assistência junto às bombas da Repsol em Cantanhede, rumaram aos trilhos para criar fortes emoções. Na categoria de Veteranos, Nuno Rocha, aos comandos de uma TM, do Team AC Motos TM Racing/Alves Bandeira, rubricou uma grande exibição, conquistando o seu espaço por entre suor e muita poeira, levando para casa o troféu do segundo lugar.

O experiente piloto de Coimbra apenas foi superado por Manuel Moura em representação de Oliveira Racing Team Yamaha. O sintrense, um velho adversário e, acima de tudo, amigo nestas lides da competição das duas rodas, efectuou o tempo de 1h08m58,53s, menos 47,75 segundos que Nuno Rocha.

O pódio em Cantanhede, alvo de muitos elogios pelos elementos da equipa e dos próprios adversários, traduz bem do momento de forma de Nuno Rocha, que relegou para o degrau mais baixo do pódio Pedro Rodrigues (Beta), da Ecmoto Beta, que gastou mais 3m02,42s que o vencedor.

«Estou muito, muito feliz por este resultado, numa prova excelentemente bem organizada e com um percurso muito bem desenhado. O SC Povoense executou um trabalho fantástico para que o sucesso da competição. Impressionante foi poder observar a confiança dos mais jovens em andar rápidos, numa disciplina cada vez mais exigente, mas também muito participada», afirmou Nuno Rocha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *