Nuno Matos vence TT do Pinhal encurtado por incêndio

Campeão de 2016, navegado por Pedro Marcão, logrou o triunfo na prova da Escuderia Castelo Branco, que marcou a estreia do Fiat Fullback Proto.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Um violento incêndio que deflagrou esta tarde, na zona de Proença-a-Nova, levou a que o terceiro SS da Baja TT do Pinhal, primeira prova do Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno, fosse encurtado de 107,85 km para 38,17 km, para cumprir a distância mínima exigida para que a pontuação fosse atribuída na totalidade.

Nuno Matos (Fiat Fullback Proto) começou a temporada da melhor maneira, ao vencer com grande à vontade, tanto mais que João Ramos (Toyota Hilux), que tinha terminado em segundo lugar o dia de ontem, não alinhou hoje à partida, com o piloto da marca italiana a ter um dia tranquilo e a assegurar a vitória, à frente de Alexandre Ré (VW Amarok) e de Tiago Reis (Mitsubishi Racing Lancer), autor de uma notável recuperação, que o levou do 10.º lugar, à partida para o dia de hoje, ao terceiro a escassos 29” do piloto da marca alemã.

Nuno Corvo (Nissan Pathfinder) venceu entre os T2, após cerrado duelo com Georgino Pedroso (Izusu D-Max), decidido na derradeira secção do segundo SS, com Nuno Corvo a assegurar o triunfo no encurtado terceiro SS.

Entre os T8, João Rato (Land Rover Discovery) dominou em todos os SS, depois de Francisco Barreto (Nissan Navara) ter sido o mais rápido da categoria no Prólogo.

Ficha da prova

Prova – Baja TT do Pinhal

Data – 23/24 de Março

Organizador – Escuderia de Castelo Branco

Estrutura – 447,55 km divididos por duas etapas: Proença-a-Nova – Sertã (144,46 km); Sertã – Vila Velha de Rodão (303,09 km)

SS – 4 (2 + 2)

Extensão dos SS – 402,75 km (9,57 km + 112,90 km + 172,43 km + 107,85 km) regulamentados, 333,07 km (9,57 km + 112,90 km + 172,43 km + 38,17 km percorridos

Percentagem dos SS – 89,98 % idealizada, 74,42 concretizada

Inscritos – 37 (13 T1, 3 T2, 12 T8, 1 T0, 8 NN)

Participantes – 36 (18 T1, 4 T2, 11 T8, 3 T0)

Classificados – 15 (9 T1, 2 T2, 4 T8)

Absoluto – João Ramos, de SSS (9,57 km) a CP1/SS1 (38,59 km); Nuno Matos, de CP2/SS1 (80,71 km) a SS3 (333,07 km)

T1 – João Ramos, de SSS (9,57 km) a CP1/SS1 (38,59 km); Nuno Matos, de CP2/SS1 (80,71 km) a SS3 (333,07 km)

T2 – Georgino Pedroso, de SSS (9,57 km) a CP1/SS1 (38,59 km); Nuno Corvo, de CP2/SS1 (80,71 km) a SS1 (122,47 km); Georgino Pedroso, de CP3/SS2 (175,65 km) a CP5/SS2 (253,15 km); Nuno Corvo, de SS2 (294,90 km) a SS3 (333,07 km)

T8 – Francisco Barreto, em SSS (9,57 km); João Rato, de CP1/SS1 (38,59 km) a SS3 (33,07 km)

VENCEDORES

Absoluto – Nuno Matos/Pedro Marcão (Fiat Fullback Proto)

T2 – Nuno Matos/Pedro Marcão (Fiat Fullback Proto)

T2 – Nuno Corvo/José Camilo Martins (Nissan Pathfinder)

T8 – João Rato/Carlos Mendes (Land Rover Discovery)

CLASSIFICAÇÃO

POS.EQUIPACARROTEMPO
    
1.ºNuno Matos/Pedro MarcãoFiat Fullback Proto5h05m59s
2.ºAlexandre Ré/João RéVW Amaroka 13’39”
3.ºTiago Reis/Valter CardosoMitsubishi Racing Lancera 21’09”
4.ºPedro Dias da Silva/José JanelaFord MO EXR05 Protoa 21’38”
5.ºAndré Amaral/Nelson RamosFord Rangera 31’41”
6.ºJoão Rato/Carlos MendesLand Rover Discoverya 45’58”
7.ºRui Marques/Miguel MarquesNissan Navaraa 51’19”
8.ºMiguel Casaca/Pedro TavaresMazda CX5 Protoa 53’21”
9.ºFilipe Nascimento/Paulo TorresMazda CX5 Protoa 57’34”
10.ºFrancisco Barreto/Sergio CerveiraNissan Navaraa 59’52”

CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO DE PORTUGAL DE TT

1.º Nuno Matos, 27 pontos; 2.º Alexandre Ré, 20; 3.º Tiago Reis, 18; 4.º Pedro Dias da Silva, 14; 5.º André Amaral 12; 6.º João Pedro Rarto, 10;7.º Rui Marques, 8; 8.º Miguel Casaca, 6; 9.º Filipe Nascimento, 4; 10.º Francisco Barreto, 2. Estão classificadas mais seis pilotos.

PRÓXIMA PROVA – Baja de Loulé, de 12 a 14 de Abril, organizada pelo Clube Automóvel do Algarve

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação