Novo Suzuki S-Cross: estilo a cruzar o asfalto

Já chegou ao concessionário Ferreira, Morais & Morais, em Coimbra, a nova geração do SUV que se distingue por um visual robusto e um espaço amplo que revela o seu refinado carácter.

CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt)

Já chegou ao concessionário de Coimbra o Suzuki S-Cross, um SUV com estilo inconfundível para enfrentar um novo ano de forma mais competitiva e causar uma excelente impressão. Tratando-se da mais recente geração “mild hybrid” de presença forte e robusta, o S-Cross destaca uma nova grelha dianteira pintada em piano black, com o logo da marca ao centro que incitam à aventura.

Com grelhas superiores e inferiores de elevado tamanho reforça a elegância que não deixa ninguém indiferente, além de uma barra horizontal que liga os novos grupos ópticos com um desenho mais arrojado e que incluem um sistema de iluminação em LED.

De facto, as luzes Led, dianteiras e traseiras, transbordam enorme vitalidade, vincando o carácter atlético e dinâmica do design. De referir que as luzes de posição dianteira funcionam também coo luzes diurnas.

Pode-se dizer com toda a precisão que estamos perante um automóvel refinado, em que a diferença está nos detalhes, até porque quanto mais se olha o gosto é intenso e apurado. O visual, mais vigoroso, é oferecido por um capot posicionado um pouco mais acima do que acontecia com o seu antecessor, bem como a presença de arcos mais pronunciados nas cavas das rodas.

Na secção traseira, os grupos óticos também contam com um novo desenho e estão ligados por uma barra mais escura que quase transforma o conjunto numa só peça e confere um visual mais largo à parte de trás do S-Cross. Já as barras s tejadilho, em alumínio anodizado combinam aerodinamismo e linhas elegantes.

No interior, o Suzuki S-Cross oferece um habitáculo espaçoso, muito amplo, tanto para quem viaja nos lugares da frente, como para quem se senta nos bancos de trás. O amplo interior permite, sem sombra de dúvida, relaxar e desfrutar da viagem. O tecto solar panorâmico confere um design dos painéis de vidro, com uma elevada superfície de abertura, permitindo também usufruir da vista em qualquer um dos bancos do veículo.

As linhas mais conservadoras do tablier são quebradas com a presença de um generoso monitor central, colocado na zona superior da consola e que inclui o sistema de navegação e as ligações aos smartphones através de Apple CarPlay ou Android Auto. A instrumentação ainda é analógica, mas conta agora com um monitor central onde podemos verificar todas as informações do computador de bordo.

A bagageira presenteia um espaço flexível. Rebatendo os bancos traseiros, pode-se ampliar a capacidade de diversas formas. A bandeja inferior situada sobre o piso da bagageira, permite acomodar uma grande variedade de equipamento. O Suziki S-Cross surpreende pela panóplia de compartimentos para arrumar um pouco de tudo, como na consola do tecto, que incorpora luz de leitura de mapas e porta óculos. Na consola inferior dianteira conta co uma prática porta USB e oferece espaço para pequenos objectos.

Já o apoio de braços central traseiro é rebatível e possui dois porta copos, aumentando assim a comodidade dos passageiros nos lugares traseiros. Por seu turno, o apoio de braço central dianteiro é deslizante para a comodidade do condutor, para além disso conta com uma consola para guardar pequenos objectos. A prática bolsa nas costas do banco do acompanhante tem o tamanho ideal para guardar livros ou tablets.

No que diz respeito a motores, o bloco de 1,4 litros a gasolina de 129 cv, que inclui sobrealimentação e um sistema “mild hybrid” de 48 Volts, pode ser associado às transmissões manual e automática de 6 velocidades. Consegue oferecer um desempenho equivalente ao de uma motorização de dois litros atmosférica, mas com uma maior eficiência energética.

O binário máximo de 235 Nm entre as 2.000 rpm e as 3.000 rpm, é perfeito para quando temos disponível o sistema de tracção integral AllGrip Select (que é de série apenas nas versões mais equipadas) e nos encontramos em estradas mais afastadas do asfalto.

Está disponível com tracção às duas rodas, sistema 4×4 selecionável Allgrip (Auto, Sport, Snow e Low), e transmissão de seis velocidades manual ou automática. Atinge a velocidade máxima de 195 km/h e cumpre os 0 aos 100 km em 9,5 s e 10,2 s, consoante a tracção.

PREÇOS DO SUZUKI S-CROSS

1.4T 6MT S1 2WD Mild Hybrid – 30.793 euros

1.4T 6MT S2 2WD Mild Hybrid – 32.012 euros

1.4T 6MT S3 2WD Mild Hybrid – 35.469 euros

1.4T 6MT S2 4WD Mild Hybrid – 32.771 euros

1.4T 6MT S3 4WD Mild Hybrid – 36.105 euros

1.4T AUT S3 2WD Mild Hybrid – 35.787 euros

1.4T AUT S3 2WD Mild Hybrid – 37.678 euros

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.