Novo Opel Combo-e: a opção para a cidade

A nova proposta da Opel da versão eléctrica do seu veículo comercial ligeiro, chega ao mercado nacional no Outono e pode alcançar uma autonomia máxima até 275 km, visando o reforço da sua estratégia na electrificação da marca.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Opel Combo-e

O novo Opel Combo-e é uma boa opção para os operadores de empresas e profissionais individuais que necessitam de um carro de emissões zero e características urbanas.

Com um volume e uma capacidade de carga (até 4,4 m3 e 800 kg, respectivamente), que o tornam o primeiro da classe, este furgão compacto, 100 % eléctrico, dispõe de uma versão mista com cinco lugares.

Em função do tipo de condução e das condições do percurso o Combo-e pode alcançar uma autonomia de 275 km, com uma única carga de bateria, recarregável, até 80% da capacidade em 30 minutos, em estações de carregamento rápido.

Opel Combo-e

O Combo-e pode estar equipado com um carregador de baterias trifásico de 11 kW ou um carregador de bordo monofásico de 7,4 kW. A bateria está colocada entre os dois eixos, para não comprometer a utilização da área de carga, o que permite reduzir o centro de gravidade, com o consequente aumento da estabilidade em curva e com vento, ao mesmo tempo que permite uma condução mais ágil.

O novo modelo apresenta uma larga lista de tecnologias e sistemas de assistência, com destaque para o alerta do cansaço do condutor, reconhecimento de sinais de trânsito, alerta de colisão dianteira, travagem automática de emergência e o Sistema Surround Rear Vision, que ajuda a evitar colisões com ciclistas e peões, ao descrever curvas para a direita, graças a duas câmaras que oferecem visibilidade adicional para as zonas traseira e lateral.

Opel Combo-e

O Combo-e, ideal para os que defendem a “mobilidade verde”, apresenta-se com dois comprimentos de carroçaria: uma versão com 4,40 m. de comprimento e uma distância entre eixos de 2785 mm e outra (XL) mais longa, com 4,75 m. de comprimento e uma distância entre eixos de 2975 mm.

A primeira tem uma capacidade de carga máxima de 800 kg e um volume de carga entre 3,3 e 3,8 m3, enquanto na segunda o volume de carga máxima sobe para os 4,4 m3.

Uma das novidades, no segmento, é o indicador de carga que permite ao condutor carregar numa tecla e constatar se o limite de carga máxima foi excedido. Para quem necessite de uma maior altura ao solo e maior tracção em pisos de lama, areia ou neve pode ser encomendado o “pack Worksite” e um sistema de controlo electrónico de tracção IntelliGrip.

A chegada do Combo-e está agendada para o Outono, juntando-se ao Vivaro-e, com o ano a terminar com a introdução do Movano-e.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *